PTO: Capítulo 59


Capa PTO

Praise the Orc!

Autores: Lee Jungmin
Tradutor: Pyown

Quantes (2)

Crockta bebeu com Tiyo e o resto da guarnição antes de retornar à sua acomodação. Era uma pousada limpa. A cidade dos gnomos era um bom lugar para ficar porque era limpo por toda parte.

O estalajadeiro ficou cauteloso em direção a Crockta, mas finalmente aceitou seu dinheiro e, com relutância, deu-lhe um quarto.

“Seu quarto é o Número 304. Aqui está a chave.”

“Obrigado.”

Crockta subiu ao seu quarto e abriu a porta. A primeira coisa que se destacava para ele era a limpeza.

“Hoh.”

Tudo foi organizado sem erro, como em um hotel em vez de uma pousada. Tudo estava limpo. Foi o suficiente para fazê-lo esquecer a atitude desagradável do estalajadeiro.

Crockta sentou-se na cama. Ele conseguiu ver a banheira a partir da porta entreaberta do banheiro. Isso significava que as instalações de drenagem eram boas. Crockta ficou maravilhado com o nível de civilização que os gnomos conseguiram. Parecia que não eram apenas especialistas em engenharia mágica.

A pousada era um pouco caro, mas era razoável se as instalações estivessem limpas.

Crockta pousou na cama e pensou no que fazer depois.

Primeiro, procurar informações sobre o Norte. Ele também precisava se preparar para a viagem. Se possível, encontrar alguns companheiros. O norte era uma terra áspera, então era melhor ir com outras pessoas em vez de sozinho.

“Templo do Deus Caído …”

Ele se perguntou se ele poderia encontrar respostas lá.

Crockta estendeu a mão para o teto.

As mãos ásperas de um orc eram visíveis. Ele formou um punho lentamente. Como ele usou sua força, seus vasos sanguíneos podiam ser vistos através da pele verde. Os músculos robustos e o sangue bombeando agitaram junto com os batimentos cardíacos. Todo o seu corpo estava cheio de vitalidade.

Esse era realmente um mundo de fantasia? Crockta ficou dominado por uma sensação desconhecida depois que encontrou o homem chamado Gordon. Parecia que ele poderia encontrar a resposta se ele fosse ao Templo do Deus Caído.

“Hoo.”

Crockta levantou-se da cama. Era noite, mas os usuários não precisavam dormir. Ele foi ao banheiro para se lavar. No entanto, não havia toalhas no banheiro. Crockta foi até o balcão no térreo para receber uma toalha e voltou para seu quarto.

Uma elfa estava usando uma chave na porta ao lado de Crockta. Seus olhos se encontraram. A elfa olhou para Crockta.

Crockta a cumprimentou, “… Hey, você está viva?”

“……”

A elfa não respondeu e simplesmente atravessou a porta. Crockta encolheu os ombros. Ele sofreu muitos ventos frios soprando de mulheres antes.

Crockta abriu a porta e entrou no banheiro. Ele decidiu mergulhar na banheira. A água quente ardente foi derrubada contra a pele grossa do orc robusto. Crockta enterrou seu corpo profundamente na banheira estreita e fechou os olhos.

Foi relaxante. Ele era um orc, então ele sonharia com o sonho de um orc? O cenário distante da Fortaleza Orcrox apareceu quando ele cochilava levemente.

Ele viu Lenox, bem como Grant e Hoyt. Ele parecia ter um sonho de lutar contra os inimigos com muitos orcs.

Crockta abriu os olhos. Sua audição afiada capturou um pequeno som do outro lado da parede do banheiro e na sala ao lado. Ele lembrou a aparência da elfa que encontrou antes.

Smack lips. Slurp.

Havia um som. Um som desagradável. Ele ouviu o som de algo sendo mastigado. Crockta deixou a banheira e segurou sua orelha perto da parede do banheiro.

Drip.

Naquele momento, uma gota de água no teto caiu de volta para a banheira.

“Ohuum … umm …”

Ouviu um som de gemido.

Era o som de um grito dolorido que estava sendo bloqueado por algo, um som familiar para Crockta. Quando ele bateu nos membros do Clã Descongelada Balhae, eles fariam isso soar através da mordaça.

Os olhos de Crockta esfriaram.

Ele saiu do banheiro e vestiu suas roupas antes de agarrar sua grande espada. Ele matou o som dos seus passos e aproximou-se do próximo quarto onde a elfa estava. Quando ele se aproximou, suas orelhas poderiam ouvir o som sutil de novo.

“Hup … umm …!”

O gemido tornou-se mais vívido. Crockta imediatamente chutou a porta, quebrando a porta e o trinco abertos.

“……!”

Crockta ficou sem palavras à vista diante dele. Uma elfa estava deitada no chão com os dois braços amarrados. Outra elfa tinha o rosto enterrado na coxa dela e estava mastigando. O sangue fluiu da carne.

“… Grr?”

A elfa que estava comendo a coxa dirigiu o olhar para Crockta. A parte branca dos seus olhos era preta, e seus dentes também eram extremamente afiados, como se não fossem de uma elfa. Mais do que qualquer outra coisa, sua aparência era a mesma coisa que a elfa que estava amarrada.

Sósia!

O sósia descobriu Crockta e lançou um sorriso perverso e uma expressão zombeteira. O rosto de Crockta distorceu.

“Bul’tar!”

Crockta correu para a frente e empunhou o Matador de Ogros. O sósia recuou com movimentos bizarros que não eram como os de um humano.

“Ufff …!”

O sósia fez movimentos muito bruscos usando o rosto da elfa. Crockta apertou rapidamente a elfa ferida e puxou-a para ele.

“Você está bem?”

“……”

A elfa não respondeu, como se tivesse desmaiado. Crockta colocou a elfa atrás dele e ergueu sua grande espada. O sósia o encarou com olhos zombeteiros. No momento em que Crockta se aproximou, o sósia se virou.

“……!”

Era como se estivesse ouvindo algo. Crockta não perdeu essa pequena lacuna e pulou. Ele balançou sua grande espada, mas o sósia desviou o ataque de Crockta com uma estranha elasticidade que não era de um elfo.

Ele se segurou no teto de cabeça para baixo como uma aranha.

“……!”

Crockta estava confuso, mas o sósia ainda tinha a cabeça virada e estava prestando atenção a algo pela janela.

“O que você está olhando? Venha! “Crockta gritou.

O sósia girou sua cabeça. Ele pendia de cabeça para baixo e seu corpo não se moveu, com apenas o giro girando na direção oposta. Crockta ficou com arrepios como uma elfa estava mostrando movimentos tão estranhos.

O sósia murmurou: “Me chamando …”  Era uma voz estranha. “Está chamando …”

Crockta balançou sua grande espada verticalmente em direção ao sósia no teto. O sósia torceu seu corpo para desvia-lo e caiu no chão. Então quebrou a janela e correu para fora.

“Isso!”

Crockta olhou pela janela. O sósia pousou no chão. A sombra negra do sósia caiu na escuridão da cidade a uma velocidade tremenda. Em breve, sua aparência já não podia ser vista.

“……!”

Um monstro verdadeiramente bizarro. Foi literalmente como Tiyo disse: O sósia era uma ameaça para Quantes. Ogros e sósias. Definitivamente, não é comum. O que está acontecendo em Quantes agora?

Crockta voltou para a elfa, que tinha perdido a consciência.

“Acorde.”

Crockta a sacudiu. Então ele conseguiu ouvir o som de passos correndo. Parecia que as pessoas estavam vindo devido ao caos da luta e à janela quebrada. Crockta gritou.

“Por aqui!”

O estalajadeiro não era o único que apareceu, já que ele já havia chamado soldados da guarnição de Quantes. Crockta acenou.

“Você veio. Essa elfa aqui foi atacada pelo sósia … ”

“Como esperado do estranho!”

O estalajadeiro cortou as palavras de Crockta. Crockta balançou a cabeça. “Parece haver um mal-entendido. Eu não … ”

“O que você está fazendo? Arrestem o orc!”

Os gnomos da guarnição de Quantes se aproximaram. Nenhum deles eram os soldados com quem lutou e bebeu durante o dia. Os gnomos de uniformes apontavam suas armas, pareciam com a Artilharia Asura de Mil Ondas, para o orc áspero, olhando com expressões nervosas em seus rostos.

“Nós o levaremos à cadeia. Venha obedientemente.”

Crockta falou novamente: “É um mal-entendido. O sósia é … ”

“……”

Eles o encararam com olhos incrédulos. Crockta suspirou. Ele não queria causar problemas. Ele teve uma conexão com Tiyo e os outros membros da guarnição, então ele decidiu seguir o procedimento por enquanto.

“Vocês saberão que cometeram um erro quando a elfa acordar. Por favor, cuidem dessa elfa rapidamente” disse Crockta. Ele estendeu as mãos sem resistir e continuou.

“Há um procedimento, então, siga.” Os soldados gnomos o algemaram.

“Claro, eu respeito vocês.”  Crockta sorriu.

***

Graças ao testemunho da elfa, Crockta logo foi liberado, mas o sol já estava subindo. Ele ficou toda a noite em um estreito confinamento solitário, então seu corpo estava rígido. Os guardas gnomos se desculparam respeitosamente. Crockta aceitou educadamente suas desculpas.

“Vocês estavam apenas seguindo o procedimento. Compreendo.”

“Eu sinto muito.”

Crockta apertou as mãos dos guardas gnomos e se afastou. Quantes estava animada de manhã. Os gnomos que vinham até a cintura de Crockta estavam ocupados indo e vindo. Os gnomos eram pequenos em estatura, então era como uma visão panorâmica.

Ele estava procurando por um bom restaurante quando alguém falou com ele, “Com licença.”

“Huh?”

Foi a elfa que Crockta salvou na noite passada. Ela se aproximou de Crockta. “Você me salvou, certo? Eu estava esperando para agradecer.”

Crockta pensou enquanto a observava se curvar. A elfa que abriu a porta com a chave e ignorou sua saudação a elfa real ou a sósia?

A elfa sorriu gentilmente para o olhar de Crockta. “Desculpe por não ter respondido a você pela primeira vez. Eu sou uma pessoa muito tímida.”

Era assim. Crockta assentiu. “Você não precisa me agradecer. Qualquer outra pessoa teria feito isso.”

“Ninguém mais o fez.”

Em uma de suas coxas, havia uma bandagem em torno da porção da coxa que foi comida pelo sósia.

Crockta perguntou: “Você está bem?”

“Sim. Não é um ferimento grave, graças a você. Obrigado.”

“Como você foi atacada pelo sósia?”

“Eu não sei. Entrei no meu quarto quando alguém que parecia exatamente comigo surgiu do canto …” Ela estremeceu. “Eu pensei que ia morrer.”

“Você teve sorte. Tenha cuidado a partir de agora.”

“Orc, como você se chama?”

“Crockta.”

Os olhos da elfa se arregalaram. Ela não conhecia os detalhes, mas parecia ter ouvido o nome antes.

“Ah, isso …”

“Qual é o seu nome?”

“Eu sou Eileen.”

Depois de uma conversa rápida na rua, Eileen decidiu pagar a Crockta uma refeição. Eles dirigiram-se a um restaurante nas proximidades. Crockta pediu um bife grosso enquanto ela pedia uma salada.

“Você vai para o norte?”

“Eu quero encontrar o Templo do Deus Caído.”

“O Deus Caído …”  Ela não sabia disso. “É a primeira vez que ouvi falar dele, mas o norte é conhecido como um lugar perigoso …”

“Um guerreiro não tem medo do perigo”.

“Que ótimo.”

“Por que você veio para Quantes?”

“Estou estudando engenharia mágica na Academia de Quantes.”

Crockta assentiu. As habilidades dos gnomos nesse campo de pesquisa eram de renome mundial. Não era estranho que as pessoas estudassem com eles.

“Em particular, estou estudando artefatos recentemente escavados em Quantes.”

“Artefatos?”

“Sim. É um legado antigo e misterioso que não pode ser criado com a tecnologia de hoje.”

Os artefatos eram mais do que apenas itens mágicos encantados. Havia alguns usuários que obtiveram artefatos. No entanto, depois que sua existência era conhecida, os usuários foram mortos e os artefatos foram roubados. Então Eileen baixou a voz: “Em particular, a coisa descoberta dessa vez … é um cinto chamado de Boca do Demônio.”

“Boca do Demônio …?”

“Sim. O propósito exato de sua existência não foi revelado, mas é uma coisa estranha que emite uma aura terrível. Há rumores de que os pesquisadores que descobriram pela primeira vez ficaram loucos ao estudá-lo.”

Boca do Demônio. Crockta estava curioso sobre isso. Mas Eileen também não conhecia os detalhes.

“No momento, os gnomos o selaram, e estão discutindo se eles deveriam continuar estudando ou não … Eu queria poder continuar minha pesquisa. Eu vim por causa disso.”

“Também estou curioso. Vamos rezar por isso” disse Crockta enquanto mastigava seu bife. Era grande, mas a quantidade ainda era pequena. No entanto, o sabor foi maravilhoso.

Eileen perguntou: “Você vai visitar a academia hoje?”

“Hmm…”

Crockta planejou seguir os conselhos de Tiyo e parar pela academia para obter informações sobre o Norte. Crockta pensou por um momento antes de assentir.

“Não tenho outros planos, então vou fazer isso.”

“Então, posso guiá-lo em torno da academia?” Disse Eileen com um sorriso. Crockta assentiu sem qualquer hesitação. Ao contrário de sua primeira impressão, ela era uma elfa moderadamente amigável.

“É uma honra. Por favor, faça isso.”

“Huhu. Não é nada.”

Eileen inclinou a cabeça para a resposta de Crockta.

Naquele momento … A mensagem do sistema que ele não havia visto há algum tempo apareceu.

 

[Você está indo muito bem!]

[O Modo Amoroso está atualmente bloqueado. Você deseja ativar o Modo Amoroso?]

Comentários