PTO: Capítulo 75


Capa PTO

Praise the Orc!

Autores: Lee Jungmin
Tradutor: Pyown

Grande Clã (2)

“Está tudo bem?” Crockta perguntou.

Rakuta, o guerreiro da tribo Kapur assentiu. O destino de Crockta e Tiyo era o Templo do Deus Caído. Eles não podiam ficar aqui na Tribo Kapur, pois seu chefe ainda era o grande orc, Kapur.

“Eu vou defender essa tribo com o meu próprio poder.”

Todos agora sabiam que Kapur era um chefe opressivo que daria problemas a tribo. Apesar disso, eles não podiam negar que Kapur era o chefe desse lugar porque ele era o mais forte. O orc, Rakuta, suportou tudo isso.

“Você pode matar Kapur. Mas não é verdadeira liberdade.”

Crockta assentiu. Seria apenas um meio fim para a tribo se Crockta derrotasse Kapur por eles.

O bêbado Rakuta havia confessado a Crockta no final da festa, dizendo que ficaria mais forte e venceria Kapur, tornando a tribo Kapur mais próspera. Esse foi o objetivo dele.

Crockta sentiu que era louvável e triste.

Crockta recebeu os ensinamentos de grandes pessoas desde seu aprendizado. Lenox, Hoyt, Tashaquil, Grant, Gulda e Antuak. Todos eram como lanternas que acenderam o caminho. Os orcs no continente mantinham seu grande espírito sem perder o orgulho de um guerreiro.

Mas esse lugar, o Norte, era diferente. Era uma paisagem desolada.

Crockta queria ajudar um pouco. Mas o que ele poderia fazer?

“Crockta, como posso me tornar tão forte quanto você?” Perguntou Rakuta.

Crockta riu. Houve momentos em que ele se sentia como o orc empunhando sua arma no campo de treinamento de Orcrox. Naquele tempo, ele era apenas um aprendiz de guerreiro que foi criticado por Lenox.

Agora, alguém estava perguntando a ele como se tornar forte. O que o fez forte?

Ele pensou sobre isso. Da primeira caça de mutante em Orcrox à recente caça ao behemoth. Houve muitas lutas, e em cada luta, sempre houve um momento em que ele queria desistir.

Mas ele o suportou. Às vezes, sozinho e às vezes com colegas.

Crockta respondeu: “Minha vontade indomável!”

Essa foi a palavra. Todos os grandes guerreiros que conhecia tinham muito espírito. Eles deram tudo deles sem desistir.

“Vontade indomável.” Rakuta assentiu com a cabeça, um sorriso floresceu em seu rosto. Parecia que ele queria que alguém lhe dissesse algo assim.

“Obrigado.”

“Não duvide de si mesmo.”

Crockta estendeu o punho. Rakuta não estava familiarizado com a velha saudação, mas ele ainda riu e bateu os punhos com Crockta.

Assim, Crockta deixou a tribo Kapur com Hammerchwi e os guerreiros do Grande Clã. Kapur se despediu de Hammerchwi se curvando. Havia uma mistura de medo e hostilidade em seus olhos quando ele olhou para Crockta.

Eles se dirigiram para o norte. Hammerchwi estava voltando para o Grande Clã enquanto Crockta se dirigia para a área dos elfos negros onde o Templo do Deus Caído estava localizado. A proposta de se juntar ao clã foi suspensa. Ele precisava saber mais sobre a situação no Norte.

“Onde está meu pai …?” Tiyo murmurou, não particularmente em um tom triste. Ele parecia mais preocupado em explorar o Norte do que encontrar seu pai.

Tiyo cantarolava e falou novamente: “Ele provavelmente está vivo e bem, em algum lugar dot.

Jeulta interrompeu: “Os gnomos geralmente aparecem nas cordilheiras perto das áreas humanas, então ele pode estar em algum lugar lá.”

“Hoh … você está agindo amigável agora?”

“E-eu só estou dizendo. Carinha!”

“Não me chame assim dot.

“Bah.”

Jeulta avançou em seu caruk. Tiyo sorriu.

Os dois pareciam gostar de discutir.

Eles cavalgaram nas montarias pela região selvagem. O tempo começou a mudar assim que eles se afastaram da parede de escuridão separando o continente e o Norte. Gradualmente, as plantas cresceram e uma paisagem verde apareceu.

“Essa área não é uma área, mas uma terra deserta.” Hammerchwi explicou: “É um lugar onde vivem aqueles que não pertencem a suas próprias espécies.”

“Orcs e elfos negros?”

“Está certo. Há também gnomos e humanos.”

Era como os fugitivos que criaram Anail.

Jeremy de repente apareceu na cabeça dele. Ele ainda estava sob Derek ou tinha sido atacado por Derek? Ele não era uma pessoa para se preocupar com Crockta. Ele era um homem que poderia ser pioneiro em seu próprio destino.

De repente, os caruks pararam.

“Gruruk!”

Crockta bateu na cabeça do caruk. Crockta e Tiyo receberam suas próprias montarias. Ao contrário de sua aparência, era fácil para os iniciantes montá-los.

“Há alguém à frente!” Gritou o guerreiro do clã na liderança.

Um grupo estava parado longe. Hammerchwi assentiu e o guerreiro chutou seu caruk.

“Vou verificar!”  Ele se moveu rapidamente e logo se aproximou do grupo desconhecido.

“Está tudo bem para ele ir sozinho?”

“Não há ninguém que tumultua com guerreiros do Grande Clã. Atacar-nos significa tornar-se o inimigo do Grande Clã.” Hammerchwi explicou. Ele tentou intencionalmente atrair Crockta ao enfatizar a grandeza do clã. Crockta sorriu.

“Huhut! Veja isso! Meu senso de equilíbrio! ”

Tiyo estava entediado enquanto estava esperando, então ele subiu para os chifres do caruk e começou a se equilibrar. O caruk parecia gostar de Tiyo enquanto levantava a cabeça. Tiyo começou seu show de poder mágico colorido de assinatura.

“Este é um gnomo dot!”

Jeulta sentiu uma motivação desconhecida enquanto observava. “Eu também posso fazer isso”

Jeulta tentou se equilibrar na cabeça do caruk, mas não conseguiu suportar seu peso e o jogou fora. Jeulta caiu no chão.

Tiyo olhou para ele dos chifres do caruk. “Hahahahat! Se você estivesse tentando me fazer rir, então é um sucesso dot!”

“Ugh …”

Os outros guerreiros do clã sacudiram a cabeça.

“Hrmm …”  Hammerchwi estava assistindo a cena quando de repente se moveu.

Crockta o deteve e disse: “Não siga os passos deles.”

“Hum hum. Eu estava apenas tremendo.”  Mas ele continuou olhando os chifres do seu caruk. Parecia que ele realmente queria tentar.

Logo o guerreiro do clã voltou. Ele falou com Hammerchwi: “Todos eles são comerciantes de escravos.”

“Entendo.”

Os olhos de Hammerchwi ligeiramente distorceram.

Crockta falou. “Você falou comerciantes de escravos?”

“……”

No continente, o comércio de escravos era tabu. Houve o incidente em Arnin, mas esses foram crimes que ocorreram nas sombras. Se o comércio de escravos fosse descoberto, todas as espécies e cidades se tornariam hostis a eles, formando alianças para repelir o comércio de escravos.

Mas o Norte era diferente.

“Apenas vamos.”  Hammerchwi dirigiu seu caruk. Crockta olhou para suas costas com decepção. Ele pensou que Hammerchwi era diferente dos orcs do norte, mas seguiu o grande chefe.

“Bah, escravidão, que bárbaro dot!”  Tiyo gritou de onde ele estava ouvindo.

As sobrancelhas dos guerreiros se contraíram. Hammerchwi ergueu a mão e acalmou os guerreiros. Os guerreiros do clã franziram a testa para Tiyo antes de dirigirem suas montarias para a frente.

Tiyo olhou para Crockta com uma expressão mostrando que ele não gostava. Crockta assentiu para Tiyo.

Eles se dirigiram para o norte e encontraram os comerciantes de escravos.

“Olá. Grande Guerreiro Hammerchwi!”

Os comerciantes de escravos se curvaram, já que já sabiam quem era Hammerchwi depois de encontrarem o guerreiro. Os comerciantes de escravos disseram aos orcs: “Por favor, nos digam se vocês precisarem de alguma coisa. Os guerreiros do Grande Clã podem pedir qualquer coisa.”

“Não.”

O rosto de Crockta endureceu enquanto seguia por trás de Hamerchwi.

Esses comerciantes de escravos não apenas carregavam escravos. Eles estavam diretamente caçando escravos.

Um pouco mais ao norte, uma aldeia em chamas podia ser vista. A fumaça escura estava subindo. Os gritos de homens e mulheres podiam ser ouvidos quando foram capturados por orcs armados e entregues aos comerciantes de escravos aqui. Eles foram então presos em carruagens dirigidas pelos comerciantes de escravos.

Os escravos gritaram.

“Isso …!”  Tiyo estava prestes a gritar com raiva quando,

“───!”

Um enorme choque percorreu o ar. Os caruks ficaram surpresos. Os guerreiros taparam as orelhas com dor. Os comerciantes de escravos estavam sangrando pelos ouvidos.

Hammerchwi olhou para a fonte do som. Foi Crockta.

“Você conhece o significado da palavra que acabei de gritar?”

O rosto de Hammerchwi ficou duro. Ele conhecia. Inúmeros orcs já tinham esquecido, mas os velhos guerreiros orcs ainda se lembravam. Ao mesmo tempo, esse grito foi ouvido entre todos os orcs. Mas os tempos mudaram. Agora pareceu tão estranho para ele. Era uma memória turva do passado distante.

“…Eu conheço.”

“Então você sabe o que vou fazer agora.”

Hammerchwi suspirou: “Isso é realmente necessário?”

“Eu quero lhe perguntar isso.”  Crockta estendeu a mão e apontou para um lugar.

Os escravos lamentáveis ​​estavam sendo arrastados aqui. E aqueles escravos …

Eles eram orcs.

“É esse o seu caminho?”

Hammerchwi balançou a cabeça. Ele também não ficou satisfeito com os escravos. No entanto, não poderia ser ajudado. A escravidão foi um dos meios de guerra que proclamou o grande chefe.

“Eu não gosto disso. No entanto, essa é a lei do grande chefe, então nós temos que segui-la. Não é da sua conta.”

Crockta riu. Agora ele não sentiu mais respeito por Hammerchwi.

“Grande Guerreiro Hammerchwi. Você não merece o nome de um guerreiro.”

“O quê?”  O rosto de Hammerchwi distorceu. Os guerreiros do clã pegaram suas armas. “Você está exagerando! Essa é a lei aqui, Crockta!”

Hammerchwi pegou o martelo. “Você vem do sul pacífico e não sabe nada. O Norte é uma terra onde você vai morrer se você não puder matar seus oponentes. As pessoas fracas são eliminadas.”

Hammerchwi desceu do seu caruk e cuspiu em direção a Crockta. “Não force as leis de uma terra fraca em nossa direção.”

Crockta explodiu em risos. Ele também desceu do seu caruk.

“Que estranho.”  Crockta continuou rindo. “Você é confuso. Não é fraco fazer o que é certo. Você está enganado se você acha que, sem hesitação, empunhar suas armas para um oponente mais fraco é chamado de força. A verdade é que é bem o contrário.”

“……”

“Eu lhe asseguro que não há orcs iguais a você no continente.”

‘Matador de Ogros’ brilhava ao sol. Agora, todos os guerreiros do clã, incluindo Hammerchwi, estavam apontando suas armas para Crockta.

Crockta realmente se sentiu mais confortável. Ele teve a sorte de estudar as leis dos guerreiros por Lenox. Fazer o que ele acreditava livremente, sem perturbar ninguém, era os guerreiros orcs que conhecia. Eles não tinham medo de serem chamados de covardes ou com medo de lutar.

Crockta sorriu e disse. “Agora, deixe-me perguntar uma coisa. Hammerchwi, você está vivo agora?”

“Livre-se dessas velhas histórias impraticáveis!”

Crockta mais uma vez sorriu. Ele era um humano que se tornou um orc que praticava essa bobagem antiquada. Os guerreiros que deram suas vidas por ele eram seus professores.

Esses orcs aqui eram tão pequenos em comparação com eles. Quão pobre era seu orgulho de que eles seguiriam as leis do chefe do clã, sem se preocupar com o certo ou o errado?

Tiyo disse enquanto os confrontava: “Crockta, vamos acabar com isso rapidamente. Vou dar-lhe 10 minutos dot.”

Foi uma provocação que Crockta sozinho poderia lidar com todos eles! Os guerreiros do clã avançaram em uníssono. Crockta levantou Matador de Ogros e declarou.

“Cinco minutos são suficientes.”

O vapor subiu de sua grande espada.

 

***

“Heok, heok … Todos estão bem …” Hammerchwi murmurou.

Os guerreiros do Grande Clã haviam entrado em colapso no chão vermelho.

“Kuooooh …”  Jeulta mal conseguiu levantar seu corpo. Sua coxa estava meio cortada. Ele tentou se aproximar de Hammerchwi, apenas para cair novamente com um gemido.

“Crockta …” Hammerchwi murmurou. O martelo de batalha que ele segurava tinha sido completamente destruído. Era uma arma de aço rara que ele recebeu diretamente do grande chefe. Mas foi completamente quebrado pela esgrima de Crockta. Ele era muito melhor do que Hammerchwi esperava.

A diferença de habilidades foi evidente.

“Kuock … você está bem.”

Hammerchwi verificou o estado dos guerreiros. Crockta não matou nenhum dos guerreiros. Ele tinha ido embora com o seu amigo gnomo sem falar nenhuma palavra de misericórdia.

“Merda…”

No entanto, sua misericórdia não se estendeu aos comerciantes de escravos. Todos os comerciantes de escravos tinham um braço cortado. Eles morreram pelo choque. Ele libertou os escravos capturados junto com o gnomo.

‘Hammerchwi, você está vivo agora?’

A voz de Crockta apareceu na cabeça dele. A questão de estar vivo era uma velha saudação orc que ninguém lembrou nos dias de hoje. Hammerchwi estava ciente da implicação disso.

Sim, ele estava ciente.

“Talvez…”

Ele foi muito derrotado, mas ele de alguma forma não se sentiu mal. Ele era um velho guerreiro, um veterano com poucos dias restantes. Ele pensou que seria sortudo se ele tivesse sobrevivido até o final do ano. No entanto, um guerreiro que poderia mudar o Norte surgiu.

Será que a mudança começaria hoje?

Ele se perguntou se ele passaria os dias restantes de sua vida assistindo a mudança do Norte. O grande chefe obviamente era forte. Hammerchwi nunca tinha visto uma força tão esmagadora. Mesmo Crockta, que derrotou todos eles, não pode ser comparado ao grande chefe.

Mas.

‘Hammerchwi. Lembre-se disso.’

Quando Hammerchwi tinha sido jovem, seu avô era um velho veterano. Um dia, seu avô chamou o jovem Hammerchwi e disse.

‘Orcs que se lembram disso podem ser excelentes. Mas um orc que esquece disso vai vagar em sua vida. Portanto, certifique-se de gravá-lo em você.’

Então ele esqueceu. Ele não era o único. Ninguém se lembrou no norte. Essa palavra havia morrido. Mas hoje, ele ouviu falar em seus ouvidos. O rugido que estremeceu o chão trouxe de volta a memória da infância.

“Eu estava vagando …?”

Hammerchwi suspirou. Os guerreiros recuperaram seus espíritos e estavam de pé. Hammerchwi observou-os e falou ‘ela’ em voz alta.

De alguma forma ecoou em seu coração.

“Bul’tar.”

Comentários