PTO: Capítulo 78


Capa PTO

Praise the Orc!

Autores: Lee Jungmin
Tradutor: Pyown

Orcheim (3)

“Viajei ao redor do mundo. Eu vaguei para a parte mais ao norte do continente e vi as terras mais bonitas” disse Caburak.

Eles caminharam da fonte termal para a Terra Santa dos orcs oculta profundamente na floresta. A ecologia da floresta mudou gradualmente. Havia plantas estranhas que ele viu pela primeira vez. A floresta verde gradualmente tornou-se branca, prata e uma mistura de outras cores. Flores e plantas com uma estranha beleza que não podiam ser vistas em nenhum outro lugar ficavam à sua frente.

“Não era a terra dos elfos negros no norte?”

“Naquele tempo, tais limites não se aplicavam a mim. Kyulkyulkyul.”  Caburak riu.

“Você mudou sua aparência?” Crockta perguntou.

“Kyulkyul, algo assim.”

Dizia-se que mudar a aparência e enganar os outros era uma magia muito difícil. Crockta assentiu. Caburak era certamente um xamã poderoso

“Eu encontrei uma presença ameaçadora naquele lugar.”

Caburak lembrou suas memórias. Era a presença de um demônio. Durou muito tempo para recuperar a força e seu poder era tão forte que os seres caídos daquela terra estavam se levantando em mortos-vivos.

“Eu pedi ajuda dos elfos negros, mas … eles não acreditaram em mim.”

“Umm …”

“O demônio estava prestes a despertar. Não tive escolha senão me livrar dele sozinho.”

Ele era um grande demônio que se chamava o rei dos demônios. Ele ainda não recuperou sua força, mas seu exército de mortos-vivos tornou-o o pior para enfrentar sozinho. Se fosse deixado sozinho, ele ressuscitaria e não apenas os elfos negros, mas os orcs e a maior parte do norte seria devastada.

É por isso que Caburak enfrentou ele sozinho. Ele usou o tesouro de sua família, o artefato chamado “Cajado da Constelação” mas foi destruído durante a batalha.

Caburak estava determinado a morrer para detê-lo. Ele lutou usando tudo o que ele tinha. Assim, depois de usar todos os seus poderes, ele conseguiu matar o demônio. O preço era seu poder mágico, o Cajado da Constelação e …

Sua força vital.

“Não poderei viver por muito tempo … kyulkyulkyul!”

“……!”

Caburak riu como se não significasse nada.

“Desde que perdi minhas forças e não consegui me mover livremente no norte como antes … tentei voltar para Orcheim. Mal acabei de chegar ao território dos orcs quando fui capturado pelo Grande Clã e vendido como escravo. Então nos encontramos, Crockta!”

Seus olhos estavam dizendo a verdade. Caburak omitiu uma grande parte da história, mas Crockta sabia do seu trabalho duro. Caburak, o xamã orc que sacrificou sua vida para salvar o mundo. Mas sua história não seria lembrada por ninguém na história. Seu nobre sacrifício não foi registrado em qualquer lugar.

Agora, Caburak não parecia um orc normal para Crockta. Crockta perguntou: “Como você pode rir?”

“Estamos aqui.” Caburak  apontou para a frente em vez de responder. Crockta virou a cabeça.

Havia uma caverna. Uma sensação desconhecida e refrescante foi sentida por ela. Era o oposto da energia demoníaca da Floresta das Criaturas.

“Algo dá um sentimento bom dot.”

“Kyulkyulkyul, sigam-me.”

Ao entrar na caverna, Crockta sentiu uma sensação de deja vu. Sim, parecia semelhante. Parecia o caminho que ele caminhou em direção ao Hall da Fama em Orcrox. A caverna foi artificialmente cortada, como se alguém tivesse tocado a parede.

Eles atravessaram a escuridão. Caburak criou uma luz na ponta dos dedos para iluminar o caminho. Continuaram a andar. Finalmente, havia um grande espaço no final da caverna.

Um monumento estava lá.

“Esse…”

Era o mesmo que o monumento que tinha as leis dos guerreiros esculpidas nele. Estava escrito na antiga língua orc que ele não conseguia entender.

“É um objeto único do nosso deus” disse Caburak. “Nós não acreditamos nos deuses. A Deusa da Benevolência, Deus da Luz, Deus da Guerra, etc. Não são deuses, eles são apenas mais fortes do que nós.”

Tiyo assentiu. Os gnomos tradicionalmente não tinham uma religião. Eles eram geralmente ateus.

Caburak riu. O som de sua baixa risada ecoou no espaço. Ele ergueu a luz para revelar as palavras escritas no monumento. Elas eram diferentes das leis dos guerreiros.

“Crockta” gritou Caburak. Seus olhos estavam claros. Não era mais a voz de Caburak.

“O mundo é como o pó que corre no vazio.”

Os olhos de Crockta se arregalaram. Ele ouviu uma história semelhante em algum lugar antes.

“Se você olhar para o universo, o mundo está vazio e todos os seres vivos acabarão por se afundar no vazio.”

“……”

“Algumas pessoas acreditam no céu após a morte, mas é inevitável que eles se afundem.”

Foi a história contada pelo demônio quando Crockta obteve a Boca do Demônio. Crockta tocou o cinto. Não respondeu. Caburak estava falando sobre o mesmo vazio, mas sua voz era um tanto mais gentil.

“Nesse mundo minúsculo, seu Bul’tar é significativo?”

“……!”

“Eu matei o demônio e salvei o mundo. Essa foi a minha honra. Mas Crockta, em um mundo que afundará de qualquer maneira, nosso clamor é significativo? Você não acha?”

Caburak ainda estava rindo.

Crockta não conseguiu responder. Se ele não tivesse obtido a Boca do Demônio Desesperado, ele talvez não tivesse considerado sua resposta. Mas ele tinha sido infundido com a ideia da voz pela Boca de Demônio. Ele testemunhou isso, tornando essa questão muito difícil. No final, tudo morreria.

Caburak continuou rindo enquanto olhava para Crockta. “O que você acha, Crockta?”

Crockta olhou para Caburak. O rosto desse orc quebrado parecia já ter sua própria resposta.

Crockta respondeu: “Isso realmente não importa.”

“Hoh.”

“Não importa o que significa, farei o que eu acredito. Eu vou fazer o que eu tenho que fazer. Mesmo que não faça sentido, eu andarei pelo meu próprio caminho.”

“Mesmo que ninguém o reconheça? E se ninguém entender, ou se o mundo estiver contra suas crenças?”

“Será o mesmo.”  Crockta também riu quando olhou para Caburak. “Se a estrada é solitária, ficarei um pouco solitário. Mas é isso.”

A expressão de Caburak mudou. Seus olhos cresceram e ele começou a rir alto.

“Apenas solidão … você realmente é um orc. Crockta.” Então ele apontou para o monumento. “Sua voz veio e ele nos olhou. Ele nos prometeu apenas uma coisa.”

Caburak gritou alto, sua voz ecoou pela caverna.

“Vamos olhar para que você não esteja sozinho.”

Ele também ouviu isso em algum lugar antes. Um rosto familiar apareceu na cabeça dele.

Lenox.

‘Deus, por favor me reconheça. Veja para que nossa honra não será solitária.”

Lenox havia dito isso antes de passar as leis dos guerreiros.

A voz de Caburak continuou: “Aquele que não entendemos ou não podemos entendemos. Aquele que constrói o mundo e apoia o mundo. E aquele que sempre nos observa.”

Crockta e Tiyo ouviram. A voz de Caburak soou como um feitiço nas suas cabeças.

“Ele que sopra o vento ao longo das nossas costas quando caminhamos pela estrada sozinhos.”  Os olhos de Caburak viraram-se para o monumento. “Esse é o nosso deus … não, nossa crença patética.”

“……”

“Eu sacrifiquei minha vida para salvar o mundo. Mas ninguém sabe disso. Se isso não tivesse sentido, como eu seria solitário?” Caburak bateu os ombros de Crockta. “Então eu desejei desesperadamente. Alguém está observando. É por isso que atravessamos a vida com um senso de honra.”

“Esse é o caso.”

“Nós acreditamos no deus esquecido dos orcs, o deus sem nome.”

O silêncio encheu o espaço.

Tiyo falou como se quisesse quebrar a atmosfera.

“Nós somos o mesmo dot. Nós gnomos somos ateus. Um gnomo disse que, se há algo que eles não conseguem entender, não é digno de sua fé. Se não pudermos entender, não há motivo para acreditar nisso. Mas nos gnomos às vezes oramos pela salvação. Orcs são como gnomos.”

“Então Tiyo, você também acredita em nosso deus sem nome. Você pode gritar Bul’tar também.”

“Bah, pessoas que pregam são desagradáveis dot!”

“Gnomos também. Kyulkyulkyul!”

Eles deixaram a Terra Santa. Era chamada Terra Santa, mas era apenas uma caverna e um monumento.

Ele perguntou a Caburak: “Bem, a razão pela qual … é a única relíquia deixada por nosso deus, então chamamos esse lugar de Terra Santa”.

“Entendo.”

Crockta olhou para o céu. Não havia diferença do céu na realidade. Se ele continuasse a jogar Lorde Ancião, ele esqueceria que esse é um jogo. Uma vez que ele ouviu falar sobre as crenças dos orcs, ele sentiu que esse mundo era mais realista.

Olhando para o sorridente Caburak e Tiyo, de costas retas, dificilmente podia pensar neles como existências sem sentido. O deus sem nome.

Como Caburak disse, ele estava cuidando deles. Crockta estava preso em seus pensamentos. E naquele momento, uma flecha voou dentre os arbustos.

“Novamente?” Tiyo enrolou o corpo e gritou como se estivesse cansado. Caburak correu para o lugar onde a flecha havia caído, enquanto Crockta abaixava sua posição e agarrou sua grande espada.

“Essa não é uma flecha de um elfo negro.”

“Então, quem dot?” Tiyo perguntou.

“É da besta de um gnomo.”

“O que?”

Os olhos de Tiyo se arregalaram. As flechas voaram novamente. O grupo de Crockta se espalhou. Então uma voz foi ouvida: “Essa é a Terra Santa dos orcs”.

Uma voz feminina sedutora. “Nós podemos nos livrar de todos eles. Matem todos.”

Crockta procurou a fonte da voz e viu uma lacuna nos arbustos. Uma gnomo de armadura estava comandando a unidade. Ela era pequena, mas parecia uma linda mulher. Os gnomos seguiram seu pedido e avançaram rapidamente. Todos estavam carregando armas.

“Gnomos …”

A expressão de Tiyo mudou. Ele imediatamente agarrou o general nas suas costas.

“Tiyo?” Crockta gritou para ele, mas Tiyo levantou-se do chão e atirou o General para a frente.

“Os que se esqueceram da honra dos gnomos, morram dot!”

Flashes coloridos atingiram os gnomos. Havia uma chuva de balas mágicas e, devido ao pequeno tamanho da espécie, os gnomos não podiam suportar o golpe e entraram em colapso. Outros gnomos tentaram apontar suas bestas, mas Tiyo se moveu rapidamente e os perturbou.

Crockta mergulhou com sua grande espada sempre que havia uma lacuna.

“Seja cuidadoso!”

Crockta bloqueou as flechas com sua grande espada. Os gnomos gritaram e tentaram recarregar as flechas. No entanto, dar um momento para um guerreiro orc era um precursor de uma morte. Alguns gnomos seguraram escudos e lanças para parar Crockta. Mas foi claramente a diferença entre Davi e Golias.

“Há um gnomo com um artefato.”

A comandante dos gnomos apertou os dentes. Ela gritou na direção de Tiyo, “Você é um gnomo! Um gnomo unindo forças com aqueles hostis para nós, você deveria ter vergonha!”

“Pare de falar com absurdos dot!”

Tiyo saltou. Então Tiyo se encolheu e parou enquanto ele estava prestes a gritar. Ele não esqueceu de falar depois de ver o rosto da comandante.

“Uma tremenda beleza dot …”

Tiyo murmurou. A comandante ficou envergonhada.

“… C-Cale-se.”

Tiyo logo recuperou seu espírito. “E-Em qualquer caso! Os gnomos que estão ligados ao tráfico de escravos são vergonhosos dot!”

“Bah, que antigo!”

Seus olhos brilharam enquanto eles se miravam. Naquele momento. O arbusto ao lado de Tiyo começou a tremer. Era o inimigo. Um soldado gnomo saltou e apontou uma lança para Tiyo.

“… Tiyo!” Gritou Crockta.

A lança estava indo para o peito de Tiyo. Foi só por um momento.

“Criança estúpida.”

Tiyo esquivou habilmente o ataque e colocou seu braço em volta do pescoço do gnomo inimigo.

“… K-Keok!”

Tiyo parecia hesitante, mas logo colocou força em seus braços.

Crunch.

O pescoço do gnomo foi quebrado e ele caiu.

“……!”

Um corpo excepcional! Tiyo realmente era como Bruce Lee.

“Hoo.”

Tiyo soltou o morto e olhou para o céu. Ele nunca matou seu próprio povo. Ele era um gnomo da guarnição de Quantes. Ele protegeu os gnomos e nunca imaginou que mataria outro gnomo.

Mas chegou a hora de fazê-lo. Ele matou o gnomo com as próprias mãos.

“Nós caminhamos nossas vidas com honra.”

Ele lembrou as palavras de Caburak. Então Tiyo assentiu. Ele também acreditava. Seu caminho estava certo.

Tiyo virou a cabeça. Os gnomos se encolheram. Além do poderoso artefato, eles tinham medo de sua capacidade de matar um soldado em um instante.

Tiyo encontrou o olhar de Crockta. Crockta assentiu. Eram olhos que pareciam entender tudo. Tiyo sorriu para ele.

Ele era um colega confiável. Se fosse, não havia nada para segura-lo de volta.

“Vamos, Crockta!”

“Sim!”

Tiyo gritou enquanto avançava com o General.

“Bul’tarrrr!”

Comentários