Kuork

Apenas Tradutores Errantes

iLivro

Orcs do Norte (1)

Crockta e Tiyo moveram o corpo de Shakan e fizeram um túmulo para ele em sua fortaleza.

As vacas inteligentes choraram tristemente com a morte de Shakan. Os animais restantes, incluindo as vacas, foram enviados de volta à natureza fora da Floresta das Criaturas.

Então ficaram em frente à parede de escuridão espalhando-se pela parte mais ao norte da floresta que o behemoth havia bloqueado uma vez. Era uma escuridão que impediu os intrusos de atravessarem.

 

[Até que o norte seja aberto completamente em 10 anos, o acesso será limitado.]

[Como um companheiro de Shakan que abriu o norte, você pode passar por aqui.]

 

“C-Crockta, o norte está realmente além desse ponto?”

“Confie em mim.”

Crockta e Tiyo trocaram olhares antes de caminharem em direção à parede. A escuridão engoliu sua visão. Era um sentimento estranho, como se estivessem flutuando na escuridão.

Quando eles abriram os olhos novamente, eles estavam de pé na terra vermelha.

“……!”

“Esse lugar…?”

Era uma região selvagem. Atrás deles estava a parede de escuridão, mas a floresta atrás não podia ser vista. Era como um mundo completamente diferente.

“Esse é o norte …”

Era um lugar desolado. Quase nenhuma vegetação era visível no horizonte, exceto para os cactos ocasionais ou plantas herbáceas profundamente enraizadas.

“Agora … em que direção devemos ir, Crockta?” Tiyo perguntou.

Seu destino era o Templo do Deus Caído. Crockta tirou um mapa, uma informação que ele recebeu da Aliança de Informações. De acordo com esse mapa, um grande lago aparecerá se movermos para o noroeste.

“Realmente…”

Será que haveria um lago nesse clima árido?  Crockta verificou a bússola e disse a Tiyo,“por aqui.”

“Entendido dot!”

Tiyo avançou.

Ao contrário de suas expectativas, era um deserto desolado, mas ainda era um mundo novo. Apenas algumas pessoas do continente viram o norte. Além disso, eles eram os aventureiros que abriram o norte. Tiyo começou cantarolar.

Crockta e Tiyo olharam ao redor enquanto caminhavam. Exceto pela parede de escuridão, em todos os lugares era o mesmo. Era como um deserto infinito. Se o deserto continuasse assim, talvez o norte fosse apenas uma terra morta.

Eles saberiam quando seguissem o mapa. Eles caminharam por um longo tempo em direção ao lago marcado no mapa.

“……”

“Esse é o lago dot…?”

Era uma poça menor do que uma lagoa. Isso foi tudo. Crockta verificou o mapa novamente. De acordo com a bússola e o mapa, esse foi definitivamente o lugar. Havia grandes pilares e paredes de rochas acidentadas.

“Ao mesmo tempo, pode ter sido um lago.”

O mapa foi feito há muito tempo. Pode ser diferente da situação atual.

“Vamos aliviar nossas gargantas secas primeiro.”

“Sim,dot.”

No momento em que chegaram à poça …

Um som foi ouvido de longe. Crockta virou a cabeça e viu uma tempestade de areia longe. Um grupo de pessoas estava se aproximando desse lugar. Tiyo tomou um gole de água e disse:“Estamos finalmente encontrando pessoas do norte?”

“Eles estão montando em algo.”

Não era a forma de um monstro. Era a aparência de pessoas montando em alguma coisa. Eram orcs, humanos ou elfos negros?  A preocupação foi misturada com antecipação. Crockta agarrou ‘Matador de Ogros’ e esperou por eles com uma respiração fina.

“Crockta, do que você está nervoso?  Eles são as pessoas do norte dot!”Tiyo declarou.

Crockta assentiu antes de dizer:“Espero que minhas preocupações sejam desnecessárias.”

Então ele poderia determinar a identidade do grupo recebido. Eles eram orcs.

“Hey!  Quem é você?”

O orc na frente gritou. Havia um total de cinco orcs. Eles estavam montando em animais estranhos que pareciam rinocerontes, exceto em um tamanho menor do que um cavalo. Os chifres se erguiam em ambos os lados e os olhos estavam cheios de selvageria.

Crockta deu um passo à frente. “Eu estou vivo. É bom lhes ver. Eu sou o guerreiro orc Crockta.”

Ele estendeu o punho.

“Sim …?”  Os orcs olharam um para o outro em sua saudação.

“Pff …”

“Kuk …”

Eles sorriram antes de estourarem em risos,“Kulkulkulkul!  Você o ouviu?  Vivo?  Kuahahahat!”

“Esse cara, ele deve ter ouvido muitas histórias!  Kulkulkulkul!”

“Minha mãe também me leu livros antigos!  Sim vivo, você está vivo!  Kuhahahat!”

Crockta não conseguiu entender suas reações.

“Hey, por que você está falando uma bobagem tão arcaica?”

“Por que um estranho apareceu de repente em nossa área?  Além disso, veio com um anão.”

Os orcs desceram dos animais. Eles estavam usando armas como machados e espadas, mas eram diferentes das armas que Crockta conhecia e amava. O tamanho de suas armas era pequeno e pareciam ser armas humanas.

“Nós somos a tribo Kapur que governa essa área, fiquem de joelhos!” Um dos orcs tirou a espada e gritou. Crockta olhou para ele sem entender. O orc bateu os pés com raiva na resposta de Crockta.

“Eu disse, somos a tribo Kapur! Dê joelhos!”

Crockta não conseguiu entender. “Ficar de joelhos?”

Orcs nunca se ajoelharam diante de outro de sua espécie. Não, era o mesmo com outras espécies. Orcs nunca forçariam a humilhação em alguém. Em vez disso, eles iriam levantá-los. Se alguém os insultasse, os orcs simplesmente cortariam suas cabeças.

Aqueles eram os orcs que ele conhecia. Ele o entenderia mais se as armas fossem balançadas.

“Eu não sei do que você está falando. Eu sou um guerreiro e esse guerreiro gnomo é meu amigo, Tiyo. Por favor, respeite nossa honra.” Crockta respondeu pacientemente.

Mas eles voltaram a rir de Crockta. Um orc segurou sua barriga e derramou lágrimas. “Kuahahat!  Guerreiro?  Guerreiro?”

“Esse anão é um guerreiro?  Kulkulkulkul! ”

“Alguém muito engraçado!  Eu estou ficando louco!”

Então o orc original, que gritou com uma espada na mão, aproximou-se de Crockta.

“Ele é um homem louco. Kehehehet! ”

Expressões ruins.

Crockta percebeu algo. “Não.”

“Do que você está falando?”

“Não fale.”

Os rostos dos orcs distorceram. “Que idiotice ele está falando!”

Então o orc balançou sua espada. Mas ele não podia cumprir sua vontade. Sua espada bruta foi esmagada imediatamente.

Uma grande espada, muito grande para ser uma espada normal, estava sendo apontada para o pescoço dele. Foi a obra-prima do Clã Bigorna Dourada,‘Matador de Ogros’!

“Vocês não têm nenhuma honra.”

“U-Uh …?”

O orc recuou. Os outros orcs simultaneamente levantaram suas armas.

“Você!”

“Você quer morrer!”

O orc que perdeu sua arma gritou enquanto os outros quatro orcs cercavam Crockta, um olhar feroz em seus olhos. “Você nos atacou agora, então não podemos deixar passar. Esse cara.”

Um orc segurando um machado gritou com raiva:“Você quer nos irritar?”

Mas Crockta não estava com medo. A raiva dos fazendeiros de Orcrox que usavam equipamentos agrícolas era mais assustadora do que esses orcs segurando suas armas frágeis.

“Brincando com os guerreiros Kapur …”

Naquele momento, as sobrancelhas de Crockta se contraíram.

“O que?”

“Hehe, você finalmente percebeu seu erro?  Nós somos guerreiros da tribo Kapur. Você fugiria se visse o grande número de guerreiros em nossa tribo …”

Crockta olhou para o céu. O céu acima dele era azul, assim como era no continente.

No entanto, as pessoas sob o céu eram diferentes. Muito diferente. Os orcs do norte eram diferentes dos orcs do continente que conhecia. Eles não eram grandes como Lenox ou Hoyt. Nenhum dos orcs que ele encontrou eram assim. No entanto, eles se chamavam guerreiros.

A cerimônia do guerreiro feita por Tashaquil veio à sua mente. Algo queimou dentro de Crockta. Ele era um guerreiro orc. Quando viu alguma coisa assim, não conseguiu ficar quieto.

Crockta correu para o orc empunhando um machado.

“Para onde você está olhando?”

O machado desceu. Naquele momento, Crockta ergueu sua grande espada para o machado descendo. O machado quebrou e as peças voaram para o ar.

“Hat! ”

Os olhos do orc se arregalaram quando ele ficou com apenas o cabo do machado. Foi uma técnica sofisticada que respondeu ao ataque súbito, visando o machado, e usou poder tremendo para quebrá-lo.

Os olhos serenos olharam para ele.

Ele não era um jogo para esse orc com uma faixa vermelha. Ele percebeu isso. O orc pode agir de forma ridícula como se fosse um velho de um livro de histórias, mas suas habilidades eram reais. O orc segurando o machado perguntou com uma voz trêmula.

“Você, de onde você veio?  Tribo Ragnar? O Grupo Ferro?  Ou você é alguém contratado pelos elfos negros?”

“……”

Crockta sacudiu a cabeça.

“Então, de onde você é?”  Os orcs recuaram cautelosamente. Crockta não os atacou mais enquanto colocava a grande espada nas costas.

“Nós viemos do sul do continente dot!” Tiyo respondeu em vez disso.

A raiva dos orcs explodiu. “Cale-se, anão. Nós não lhe perguntamos!”

“O que você disse?”

Tiyo imediatamente disparou ‘General’, o poder mágico atingiu um orc. Ele perdeu o equilíbrio e caiu. Ele estremeu após o ataque e caiu com um gemido. O grupo de orcs ficou atordoado.

“I-Isso é um artefato!”

Os orcs trocaram olhares. Parecia que eles estavam pensando em como tratar Crockta. Eles se reuniram e começaram a falar sobre algo. Suas vozes foram escassamente ouvidas:“Eles realmente vieram do sul …”

“Isso é sem sentido …”

“Se sim, o chefe …”

“Problema…”

Falaram por um tempo antes de assentirem. Então o orc que perdeu seu machado para Crockta saiu como representante. “Qual é o seu nome?”

De repente, sua atitude era graciosa.

“Crockta.”

“Crockta, por favor, perdoe a nossa grosseria. Vou perguntar-lhe novamente. Você realmente veio do sul?”

Crockta assentiu.

“Então você veio da parede de trevas?”

“Está certo.”

“Umm …”  O orc franziu a testa um momento antes de assentir. “Então, Crockta. Você está convidado para a nossa tribo.”

Foi uma transição rápida quando um sorriso surgiu. Tiyo cutucou a coxa de Crockta. Ele não gostou. Crockta era o mesmo, mas ele decidiria quando ouvisse mais.

“Peço desculpas por sermos grosseiros com vocês. É um momento sensível devido à recente guerra entre tribos. Cometemos um erro um pouco. Por que você não descansa e fala conosco em nossa tribo?”

O orc agiu descaradamente até o fim. Crockta não gostou, mas ele precisava considerar a própria proposta. Crockta sussurrou para Tiyo:“Que tal Tiyo?”

“Você quer ir com eles?”

“De maneira nenhuma. Mas não sabemos nada sobre o norte. Pode ser útil segui-los um pouco.”

“Uh … suas palavras são razoáveis dot …”

Tudo o que eles tinham era um mapa antigo para liderar o caminho. Mostrou o terreno natural e a localização do Templo do Deus Caído, mas eles não sabiam nada sobre as cidades e como eram as pessoas.

O Clã Kapur era militante, então o norte absolutamente não era um lugar fácil. Em vez disso, parecia mais difícil do que o continente.

“Meu pai sempre disse que o norte era um lugar muito perigoso dot…”  Tiyo murmurou e assentiu. “Eu entendo dot . Então os seguiremos por enquanto.”

“Nós iremos.”

“Mas…”

Tiyo tocou ‘General.’

“Se eles não forem bons, eu vou ter que matar colegas do povo de Crockta dot.

Crockta riu de sua expressão decisiva. Devido à fofa aparência do seu amigo gnomo, Crockta ocasionalmente esqueceu que ele era um soldado. Tiyo não era uma pessoa para evitar conflitos físicos. Crockta mostrou os dentes enquanto ele ria.

“Claro. É o mesmo para mim.”

O guerreiro orc e o soldado gnomo trocaram olhares e riram. Assim que Crockta assentiu, os orcs apontaram para os animais atrás deles.

“Então, vamos dar uma volta. Montem atrás de nós.”

Os orcs subiram nos animais que vieram. Não era muito diferente de montar um cavalo. Crockta e Tiyo ficaram sentados atrás de um animal cada.

“Do que vocês chamam esses animais?”

“Não há caruks no sul?”

“Essa é a primeira vez que eu vejo um. No sul, normalmente usamos cavalos.”

“Está certo. Esse é um animal chamado caruk. Os cavalos são preciosos no norte, então usamos principalmente o caruk resistente.”

Os caruks começaram a correr. Suas pernas eram curtas, mas eles se moviam rapidamente. A agitação era pequena, em comparação com os cavalos.

Eles atravessaram o deserto. A paisagem não mudou e a terra aberta continuou. Ocasionalmente, um oásis podia ser visto, mas era principalmente um deserto cheio de areia vermelha.

Eles correram por um tempo e chegaram a Tribo Kapur. Uma cerca simples cercou um oásis e havia tendas por dentro. Era muito diferente das cidades modernas e medievais do continente. Tiyo também tinha uma expressão preocupada. Tiyo era de Quantes, uma cidade desenvolvida no continente.

“Chegamos. Esperem um pouco.”

Eles esperaram por fora sem entrar na aldeia. Um dos orcs entrou com seu Caruk.

“Hrmm.” Crockta olhou os orcs. Sentaram-se nas montarias com expressões relaxadas, mas uma estranha tensão podia ser sentida. Tinham medo dele ou alguma outra coisa?  De repente, Crockta olhou para Tiyo.

“Zzz …”

Ele estava dormindo. Ele não mostrou nenhum nervosismo enquanto dormia no Caruk. Tiyo cobriu as costas do Orc que ele estava apoiado com saliva, enquanto o orc na frente torcia seu corpo com uma expressão preocupada. O orc queria chacoalhar Tiyo, mas ele o suportou. Crockta começou a rir.

“Todos os orcs no sul são fortes como você?” Perguntou o orc na frente de Crockta. Crockta respondeu sem pensar.

“Claro.”

A verdadeira força dos guerreiros não significava a força do seu corpo. Era sua força de espírito. Todos os orcs que conheceu eram fortes.

“Que ótimo. Então, agora as pessoas podem vir ao norte livremente?”

“Ainda é difícil.”

De acordo com o sistema, restavam 10 anos até a floresta se abrir completamente. Até então, a parede de escuridão iria parar a maioria daqueles que queriam passar.

O orc que entrou na aldeia logo reapareceu. Ele acenou para os orcs nos montarias da entrada da aldeia. Os caruks levantaram seus corpos. O corpo de Crockta começou a saltar novamente.

Os caruks encontraram-se na aldeia.

“……”

Os orcs da tribo os observavam com olhares hostis. Havia um grande lote no centro da aldeia onde um enorme orc estava sentado em uma cadeira. Parecia que ele estava mostrando sua autoridade usando caveiras como decorações.

Atrás dele, numerosos guerreiros da tribo Kapur olharam para Crockta e Tiyo.

“Eu vejo o chefe!”

Os orcs rapidamente desmontaram dos caruks e se ajoelharam. Crockta e Tiyo apenas os assistiram. O chefe dos Kapur ergueu-se do seu assento. Ele era um orc temível que era maior do que o normal. Seus olhos gananciosos se moveram sobre a grande espada de Crockta e General de Tiyo.

Então ele perguntou:“Vocês vieram do sul?”

Era uma voz tão dura quanto o ferro. Crockta assentiu.

“Sim. Eu sou chamado Crockta. É bom lhe ver. Fique vivo.”

Crockta cumprimentou educadamente.

Os guerreiros Kapur por trás do chefe murmuraram em sua resposta. Os olhos do chefe dos Kapur se estreitaram. Ele pisou com força o chão.

Kuuong!

Todos ficaram em silêncio. O chefe dos Kapur riu de Crockta e Tiyo e declarou:

“Ajoelhem-se.”

Comentarios em PTO: Capítulo 72

Categorias