Primeiro Passo Para Fora

Alguns dias depois ao meio-dia. 

“Cavaleiro Natalio, eu nomeio você como meu cavaleiro pessoal. Espero muito de sua bravura e lealdade.”

Em uma sala no interior do palácio, Zenjirou ficou em pé diante do jovem cavaleiro ajoelhado e falou para ele com uma voz tão digna quanto possível. 

Natalio Maldonado. 

O nome do cavaleiro que estava ajoelhado diante de Zenjirou. 

Ele provavelmente estava em seus vinte e poucos anos, perto da idade de Zenjirou. Cabelo castanho escuro, olhos cinzentos e pele castanha. O homem tinha as cores típicas do reino Carpa e estava de joelhos com uma expressão leal.

Suas características reforçadas deram a impressão de que ele era honesto e sério, mas dificilmente alguém que seria corajoso o suficiente para relaxar suas feições durante uma cerimônia de juramento diante de uma realeza direta. Seria perigoso julgar seu caráter apenas pela primeira impressão. 

Zenjirou pegou a espada que Natalio tirou da bainha. 

A lâmina de ferro bem forjada refletia a luz do sol brilhando das janelas e resplandecia. 

A lâmina tinha cerca de cinquenta a sessenta centímetros de comprimento. Parecia ser uma espada de uma mão só, a julgar pelo comprimento do cabo, mas ele não achava que alguém pudesse balançar seu pesado peso com uma mão tão facilmente. 

Zenjirou deu um tapinha nos ombros do ajoelhado Natalio, um ombro após o outro, com a superfície plana da espada desembainhada, depois, lentamente, embainhou-a novamente.

Em seguida, Natalio respeitosamente pegou a espada embainhada oferecida a ele por Zenjirou, com as duas mãos ainda ajoelhado no chão em um joelho, e disso.

“Eu juro ser seu para comandar, colocarei minha vida em risco, nunca desafiarei suas ordens, nunca desviarei do caminho correto e nunca terei medo de uma aflição.”

Assim, a cerimônia de juramento do cavaleiro Natalio terminou. Sem problemas.

Depois que o cavalheiro Natalio saiu da sala do palácio, Zenjirou deu um suspiro de alívio, tão pequeno que ninguém perto conseguiu ouvi-lo. Ele de alguma forma conseguiu superar isso sem cometer erros. 

“Obrigado pelo seu trabalho duro, Zenjirou-sama.” 

Zenjirou estremeceu seu corpo reflexivamente quando o homem de meia-idade com um rosto esbelto – o secretário Fabio, em pé em assistência atrás dele, disse para ele.

Com base em sua classificação social, o homem de meia-idade era um subordinado emprestado a ele de Aura, mas se os olhos de Zenjirou não estivessem lhe dando um truque, então o secretário não mostrava nem um pouquinho de tal reconhecimento em seus olhos dirigido a ele.

Para Zenjirou, eles pareciam mostrar algo nas linhas de “Estou acompanhando de perto cada movimento do garanhão, que saiu indesejado, então ele não fará nada estúpido.”

(Ele não usaria algo como “obrigado pelo seu trabalho duro” para começar, se ele reconhecesse minha superioridade… Espere, não é bom. Isso não está certo. As palavras são traduzidas suavemente graças à “alma das palavras”. Então, esqueci-me, mas este é um outro mundo, afinal)

Desde o primeiro encontro até agora, o homem de meia-idade só adotou uma atitude que nunca poderia ser mal entendida como favorável, então Zenjirou também, inconscientemente, acabou abrigando sentimentos negativos mais do que o necessário.

Palavras de apreciação eram dirigidas de um superior para um subordinado e o oposto era considerado rude. Pelo menos isso era senso comum na sociedade japonesa. Certamente foi longe demais para suspeitar de um desrespeito por trás das palavras “obrigado pelo seu trabalho duro”. 

Zenjirou abriu a boca enquanto recordava a resposta adequada como realeza que aprendeu em suas aulas com Octavia, em sua mente. 

“Não, não foi nada. Eu fiz tudo certo, não foi?”

Ele se virou e perguntou isso, enquanto o Secretário Fabio afirmava enquanto mantinha sua máscara de pedra como sempre.

“Sim. A partir de agora, o Cavaleiro Natalio será um subordinado direto seu, Zenjirou-sama, enquanto ao mesmo tempo ele serve para os Cavaleiros de Tiro com Arco Montados em Dragão. O salário de um subordinado real é responsável por vinte moedas de prata grandes por ano, por isso certamente será um grande trunfo para a Família Maldonado.
Sua Alteza Aura realmente estará pagando a ele, mas nominalmente você está fazendo os pagamentos, então, por favor, mantenha isso em mente.”

“Oh, ele recebe um salário extra?”

Zenjirou levantou uma voz ligeiramente surpresa, ao que o Secretário Fabio afirmou sem muito enquanto contraía um músculo em seu rosto.

“Sim. A lealdade de um cavaleiro é comprada com dinheiro, afinal de contas.”

Essas palavras sem sonhos e sem inspiração não combinavam com a ideia de um outro mundo em um cenário de fantasia.

Zenjirou inclinou-se um pouco confuso e perguntou mais. 

“É isso mesmo?” 

“É claro que não vem do dinheiro sozinho. As palavras do mestre fortalecem a lealdade e as ações do mestre a mantêm. No entanto, a fundação é mantida através do dinheiro até o amargo fim. A lealdade não será estabelecida sem a base do dinheiro.”

As palavras francas do Secretário Fabio eram extremamente pragmáticas, mas facilmente compreensíveis para Zenjirou por causa disso. 

Era desilusão, mas os cavaleiros sem um pedaço de terra próprio viviam apenas do salário que recebiam do país. Bravura e lealdade estavam literalmente à venda e precisavam buscar um preço o mais alto possível. 

“Entendo.”

Com sua máscara inexpressiva, o Secretário Fabio observava Zenjirou enquanto ele assentia convencido, e falou para ele com uma expressão verbal de repente se lembrando de algo. 

“Oh, isso me lembra, você tem algum plano de ter uma nobreza ou domínio, Zenjirou-sama?”

Zenjirou estremeceu novamente na oportunidade do assunto enquanto ele respondia sem deixar transparecer em seu rosto ou em seu tom. 

“Peerage ou domínio? O que você quer dizer? ” 

“Sim. Nosso Reino Carpa espalhou terras sob o controle direto da realeza, além da capital e de seus arredores. O senhor dessas terras é Sua Alteza Aura no momento atual e os governadores estão instalados lá, mas como realeza, você tem o direito de assumi-las, Zenjirou-sama. Embora a sua adesão deles só dure pela sua vida.”

Não era tão incomum que o rei ou a realeza possuísse outra nobreza e terra própria, além da coroa ou direito de sucessão ao trono. Pelo contrário, reis sem domínio próprio eram minoria. Houve até alguns casos complicados, em que o rei de um país era dono de um país diferente.

“Será redundante quando você permanecer dentro do palácio interior como você teve até agora, mas quando você aumentar suas atividades fora de agora em diante, você certamente precisaria de seu próprio título e um capital que você pode gastar livremente. Para não mencionar, uma fonte independente de recursos será essencial se você desejar adicionar mais subordinados como o Cavaleiro Natalio.”

O Secretário Fábio trouxe sua explicação para uma conclusão como essa. 

Zenjirou estava imerso em seus pensamentos.

(Entendo agora. Ele chegou a um ponto, mas…) 

Considerando que ele era o “fiel servidor da Rainha”, era obviamente estranho, mesmo que ele tivesse razão.

Quando Zenjirou, o marido da rainha, ganhasse um título ou domínio, mesmo que apenas de nome, e obtivesse uma renda independente, isso significava que Aura perderia o controle sobre ele. Para começar, dividir até mesmo uma parte dos ganhos dos terrenos dispersos atualmente unificados sob Aura significava simplesmente que ela tinha menos dinheiro para gastar livremente também.

O Príncipe Consorte tinha um status e renda próprios, arrecadando um exército próprio com essa renda. 

Isso obviamente não era algo que o conselheiro próximo da Rainha sugerisse.

(Ele está desconfiado de mim? Não, é muito óbvio, mesmo que seja o caso. De tudo, ele está me dando um aviso, eu acho, de uma maneira indireta) 

“…” 

Enquanto ele pensou assim, o secretário ficou de pé em atenção e suspeitosamente observava cada movimento dele com seus olhos estreitos. 

Esse homem definitivamente não perderia uma atitude suspeita de Zenjirou. 

Como ele havia jurado lealdade a Aura, ele era digno de confiança, mas quando ele deu a ele um olhar frio de suspeita como essa, Zenjirou se sentiu desconfortável e com medo. 

Quando Zenjirou estava do lado de Aura, a resposta a esta oferta só podia ser “não”.

Zenjirou sabia, pelo menos, que aquele não era o lugar para ser obstinado e dar uma resposta não-cooperativa, então ele limpou a garganta uma vez com uma tosse afetada, e honestamente negou.

“Isso não será necessário. A centralização das finanças e do poder é essencial para a restauração da ‘família real’.”

“No entanto, eu pensei que você tivesse decidido deixar o palácio interior para ser útil à sua Alteza Aura? Desculpe-me por dizer isso, mas mesmo quando você é consorte de Sua Alteza e reconhecido como uma realeza direta, seu repertório do que você pode realizar é bastante limitado sem um título.”

Dizendo palavras provocantes de um rosto inexpressivo com um tom neutro. Zenjirou deixou sua irritação interna aumentar, temporariamente suavizou seu medo e cautela em relação ao homem que estava na frente dele através da raiva e respondeu um tanto emocional. 

“… Mesmo que seja esse o caso, é um problema a ser discutido entre minha esposa e eu. Você não tem o direito de propor isso para mim sobre sua cabeça.”

Depois que ele disse isso, Zenjirou imediatamente se arrependeu com “droga, eu fui longe demais”, mas já era tarde demais. No entanto, surpreendentemente, as palavras mordazes e irritação não reveladas em sua resposta foram satisfatórias para o Secretário Fabio. 

“… Sim, por favor, me perdoe por falar fora do lugar.”

Sua máscara inexpressiva se desfez por um pouquinho e revelou um sorriso quando ele abaixou a cabeça para Zenjirou.

* * *

Algumas horas depois. A luz do sol, que brilhava pelas janelas, começou a dar um tom de pôr-do-sol, quando o Secretário Fabio visitou Aura, que estava cuidando de seus deveres em seu escritório. 

“Sua Alteza, eu voltei.” 

Aura apenas olhou para ele enquanto ele se curvava secamente enquanto permanecia sentada em sua mesa.

“Muito bem, Fabio. Você fez bem também, Alejandro. Agora você pode ir embora.”

O homem jovem e sério que estava atrás dela – seu segundo secretário, Alejandro, entregou ao secretário Fábio o pacote de pergaminhos de pele de dragão que ele segurava, com base nas palavras de sua mestre. 

“Fabio-sama, estes são os documentos para hoje.” 

“Ok. Eu vou assumir a partir daqui.”

“Sim, por favor, assuma.”

Depois de entregar os pergaminhos de pele de dragão ao primeiro secretário de meia-idade, o segundo secretário curvou-se sinceramente uma vez e saiu.

Enquanto ouvia a porta se fechar com um som atrás dele, o Secretário Fabio foi até a mesa e chamou a rainha no escritório. 

“Você se saiu bem com Alejandro, Alteza?” 

Aura parou a mão que estava levando a caneta sobre sua pergunta e levantou os olhos do papel em suas mãos para o rosto magro de seu secretário em pé na frente dela. 

“Muito. Sua conduta é bastante adorável, diferente da sua. Ainda assim, ele não é tão “rápido em aceitar” seu trabalho ainda. Se eu estivesse me sentindo bem, estaria tudo bem em tê-lo por perto para deixá-lo se acostumar com isso, mas agora ele pode desempenhar um papel de substituto na melhor das hipóteses.”

A rainha fez uma avaliação severa, enquanto o Secretário Fábio respondia com um ligeiro encolher de ombros.

“Entendo. Darei o meu melhor de agora em diante para ensiná-lo, a fim de que ele cumpra seus padrões.”

Como o primeiro-secretário, ensinar os jovens secretários era também um dos deveres de Fábio. 

Aura conhecia Fabio há muito tempo, então ela sutilmente sentiu sua paixão ardente por ensinar a nova geração por trás de sua máscara de pedra, e sentiu um pouco de compaixão pelos jovens secretários. 

No entanto, era fato que as habilidades do jovem secretário ainda estavam faltando. 

“Faça isso. A propósito, como foi?”

Não entrando em pânico com a súbita mudança de assunto, o secretário de meia-idade foi “rápido no entendimento” e respondeu.

“Muito bem. A cerimônia de juramento do Cavaleiro Natalio terminou sem problemas. Zenjirou-sama já retornou ao palácio interior.”

Aura, por enquanto, soltou um suspiro de alívio do relatório tudo-belo do seu secretário.

“Entendo. Fico feliz em ouvir. Então, deixe-me ouvir sua opinião. Como meu marido se deparou com você?”

Já fazia meio ano desde que Zenjirou chegou a esse mundo. Neste ponto, certamente era um pouco tarde para perguntar isso agora, mas desde que Zenjirou havia se trancado no palácio interior, onde a entrada era proibida para outros homens, o Secretário Fábio não teve nenhuma chance real de ter uma conversa genuína com ele até agora.

No entanto, agora que Zenjirou decidiu se tornar mais ativo fora do palácio interior a um nível razoável, era necessário indagar que tipo de impressão sua leal subordinado com a máscara de pedra tinha dele. 

O secretário de meia-idade respondeu imediatamente, pois já havia preparado uma resposta para a pergunta da rainha. 

“Muito bem. Parece que ele está um pouco acostumado a manter as aparências desde o início. Por isso, acredito que ele não cometerá nenhum erro fatal se lhe confiarmos questões oficiais.
Sua etiqueta também recebe uma marca passageira. Há muito o que gostaria de salientar, mas tudo ainda está dentro de um escopo admissível. Atrevo-me a dizer que é improvável que ele cause um problema por desconhecer a etiqueta do exterior.”

O secretário falou rapidamente em um tom fluente, depois parou temporariamente e acrescentou um pouco mais no final, depois de um pequeno encolher de ombros.

“Além disso, tentei induzi-lo a aceitar uma nobreza e a tomar as posses da coroa, mas ele rejeitou.”

Aura mostrou um rosto carrancudo e enterrou a cabeça entre as mãos quando o secretário disse de maneira tão descarada. 

“Lá vai você de novo com suas provocações… Ainda assim, uma nobreza e terra, huh. Certamente vale a pena considerar na perspectiva das futuras atividades de meu marido.”

A rainha tirou as mãos do rosto e apoiou o queixo com elas, mergulhando em seus pensamentos com uma expressão séria. Em reação, o Secretário Fabio torceu os cantos da boca em um leve sorriso e disse brincando.

“Por favor, fale sobre isso em abundância entre vocês dois. Porque, aparentemente, não é um mero secretário, como eu posso meter esse som em ‘sua cabeça’.”

Aura discerniu em seu tom que Zenjirou deve ter dito isso e respondeu com um pequeno sorriso. 

“Que típico do meu marido prudente. Eu tenho ficado muito mais facilmente graças a isso. Talvez seja melhor prepará-lo apenas uma nobreza antes de tudo, por enquanto, para ganhar algum prestígio.”

Ela lhe deu uma impressão favorável como aquela, mas na verdade, Zenjirou não agiu com prudência em mente. Ele simplesmente estava ciente do fato de que Aura e ele podem estar em igualdade de condições em particular, mas tinham uma distribuição distinta de papéis, em geral superiores e inferiores, em público.

A partir de suas experiências como profissional de trabalho por cerca de três anos, ele internalizou a facilidade com que uma organização poderia se desviar quando não compartilhava informações precisas e não tinha uma cadeia de comando coerente.

“Não seria certo deixá-lo suceder o título de ‘Duque de Valentia’, considerando sua posição como seu marido?”

Aura respondeu as palavras provocantes de seu secretário com um tom baixo, como se para ameaçá-lo enquanto ela mantinha seu sorriso. 

“Fabio, evite me testar. Não se preocupe, não tenho intenção de conceder ao meu marido tanto poder. Pelo menos enquanto eu me sentar no trono, o ducado de ‘Valentia’ e o condado de ‘Potosi’ permanecerão sob meu controle. Eu não vou passá-los para ninguém.” 

“Uma decisão sábia.”

Sendo repreendido pela rainha, o secretário encolheu os ombros levemente sem demonstrar qualquer sinal de arrependimento, e avaliou sua decisão assim. 

“Valentia” era o porto marítimo mais florescente dentro do reino e “Potoshi” tinha as maiores minas de prata em todo o reino. 

A renda real independente deles fortaleceu excessivamente o poder de Aura neste estado feudal. Não seria nada além de uma jogada tola de confiar uma dessas duas principais fontes de receita a outra pessoa além dela, até mesmo o seu marido. 

“No entanto, você atualmente não pode ‘saltar’ para os locais, já que está grávida. E deixar tudo para os governantes é perigoso por sozinho.”

Aura franziu a testa quando seu secretário apontou isso, mas ela era sensata o suficiente para apenas acenar para ele.

“Sim, eu sei. Dar a ele o título pode estar fora de questão, mas eu realmente gostaria que ele agisse como um administrador para ele, quando ele aprender a usar a ‘Magia de Espaço-Tempo’.”

As terras destacadas originalmente tendiam a ser um bom terreno para a corrupção. ou revoltas, mas a razão pela qual funcionaram excepcionalmente bem sem problemas no Reino Carpa foi o feitiço de “teletransporte” entre a magia que os membros da família real poderiam usar. 

Requeria coragem e perspicácia para as pessoas planejarem revoltas ou corrupção quando não sabiam quando uma inspeção repentina aconteceria.

Mas no momento, a Rainha Aura era a única pessoa no Reino Carpa, que podia usar “Teletransporte”. Nesse sentido, era desejável, também, que Zenjirou aprendesse magia e muitas crianças nascidas com uma linhagem direta.

“De fato. Tal feito valeria a pena. Dito isso, o seu maior feito continua a ser fazer uma criança com você.”

“Bem, sim. Felizmente, esse assunto está progredindo bem. E também não me senti enjoada uma vez hoje. De acordo com o doutor Michelle, eu já tenho a fase mais difícil do enjoo matinal por trás de mim.” 

Aura mostrou sua expressão mais brilhante de hoje, onde o Secretário Fabio.

“Fico feliz em ouvir isso. Venho para pensar sobre isso, você encontrou pessoalmente o emissário do Reino dos Gêmeos hoje, não foi? O que ele disse?”

Mudou o assunto e perguntou a ela. 

As diferenças diplomáticas com o Reino dos Gémeos. Para encontrar um ponto de compromisso sobre o que fazer com o poder latente da “Magia Bestowal” que Zenjirou tinha, eles realizaram uma reunião secreta hoje. 

Aura deu de ombros levemente sobre a pergunta e respondeu. 

“Em primeiro lugar, minha impressão inicial foi de que eles não pretendem restringir nosso filho. Mas parece que eles estão prontos para intervir se meu marido for fazer uma criança com alguém mais do que eu.”

Depois que ela disse isso, ela apoiou o corpo inteiro no encosto da cadeira e esticou o pescoço uma vez para aliviar a rigidez.

Essa reação foi o que ele havia antecipado desde o início. Convencido, o Secretário Fabio perguntou mais.

“No entanto, a criança entre Zenjirou-sama e você mesmo terá definitivamente herdado alguns restos do sangue da família real Sharrow. O Reino dos Gêmeos será realmente acalmado apenas por não deixar Zenjirou-sama tomar nenhuma concubina?”

Aura encolheu os ombros mais uma vez e honestamente balançou a cabeça. 

“Eu duvido. De fato, eles sugeriram amarrar o nó entre meu marido e uma princesa de uma família filial da Família Sharrow. Com a premissa de levar a criança entre eles para o Reino dos Gêmeos, naturalmente. 
Isso não é nada definitivo, mas meu pressentimento me diz que eles estão mais focados em conquistar a linhagem ‘Magia de Espaço-Tempo’ para seu próprio país, em vez de tentar impedir que nosso país mantenha a linhagem ‘Magia Bestowal”.
Nesse caso, uma realeza com sangue misto da Família Carpa nasceria na Família Sharrow, assim como seu filho nasceria com sangue misto da Família Sharrow. Provavelmente algo ao longo das linhas: Estamos mesmo com você.”

Claro, isso era apenas uma desculpa do lado deles, enquanto Aura tinha suas próprias desculpas. 

As informações de que Zenjirou havia herdado o sangue Sharrow não foram verificadas, então, se aceitasse sua desculpa como é, isso poderia muito bem resultar no simples roubo de sua linhagem de “Magia de Espaço-Tempo”.

Para começar, Zenjirou não tinha roubado intencionalmente a linhagem deles nem nada, então eles não tinham razão para cumprir mais nada. Logicamente falando, o Reino dos Gêmeos enviou Aura e Zenjirou suas “bênçãos” quando eles se casaram, então eles não tinham o direito de reclamar sobre sua linhagem agora. Dito isso, Aura não esperava que os assuntos estrangeiros seguissem essas regras primárias. 

“Eu me pergunto em que ponto um acordo pode ser alcançado.”

“Não sei. É difícil dizer qualquer coisa neste momento. Receio que falemos um com o outro por mais algum tempo. Afinal de contas, há uma ‘Magia de Linhagem’ em jogo. Nós dois não podemos ceder por várias razões.
Para tomar o forro de prata, eles também reconhecem a guerra como a última e pior opção.”

Depois de dizer isso, Aura esticou o pescoço novamente enquanto ainda estava encostada no encosto.

O Reino Carpa e o Reino dos Gêmeos de Sharrow e Jilbell. Ambos eram grandes potências importantes que reinavam no continente sul. E ambos sabiam que isso não terminaria com uma queimadura simples se eles brincassem com fogo. No entanto, não havia nada de impraticável como honra em jogo desta vez. Dizia respeito à “Magia de Linhagem”, o poder que constituía o coração de um país. Parecia improvável que um acordo fosse alcançado tão facilmente.

“Na pior das hipóteses, pode até não chegar a uma conclusão em sua vida.”

Aura franziu a testa a previsão ruim da visão realista que seu secretário mencionou.

“… Se possível, gostaria de evitar isso. Quanto mais tempo demorar para resolver um problema como esse, mais os dois lados verão a legitimidade de suas próprias reivindicações e deixarão de se comprometer. Eu prefiro não ver que a geração do meu filho vai desencadear a próxima grande guerra.”

Dito isso, Aura também era uma governante. Como governante, ela não podia fazer nenhum arranjo secreto que pudesse prejudicar seu próprio país. Se ela fizesse isso, a base de seu poder começaria a ser influenciada, provocando a próxima crise de uma revolta.

“Só podemos nos preparar para uma discussão prolongada. Eu estou restrita até que eu dê à luz de qualquer maneira e tomar decisões precipitadas nunca é bom. Mais adiante, será problemático quando o segredo sair por acaso. Tenho certeza de que você pode imaginar o que alguém como Puyol diria se ficasse sabendo disso?”

Como o secretário Fábio entendeu o que Aura estava fazendo, deu um pequeno suspiro e concordou. 

“… Ele empurraria alegremente uma concubina para Zenjirou-sama, com certeza. A fim de ativamente roubar a ‘Magia Bestowal’.” 

O ambicioso General Puyol nunca deixaria a chance de tomar a magia da linhagem de outro país escapar. E a previsão de que os nobres simpáticos se tornariam maioria quando o general Puyol propôs o que precede foi ainda mais preocupante. A linhagem de “Magia Bestowal” era tão atraente. 

Era bastante provável que a facção neutra, preocupada com o Reino dos Gêmeos, fosse deixada de lado.

“Prudência é a chave, prudência.” 

Aura murmurou como se para se convencer e inconscientemente acariciou seu estômago segurando a criança com a mão direita.

Comentários