SS: Capitulo-32-Promessa Cumprida

(Gael)-gobu, puri aquilo e uma cidade
Puri esta sentada no ombro de cael olhando os muros, fascinada e gobu sentada atrás de cael também olha para os muros

(Gobu)-são maiores que, os da vila.
Os muros da cidade bem velha tinham cerca de 25 metros de altura era um tamanho bem considerável para uma cidade de barão

(Puri)-olha mestre quantas pessoas!

Puri observa a incrível quantidade de pessoas se reunindo na porta da cidade para entrar

(Níniel)-mestre seria melhor nos descermos dos lobos agora eles podem pensar que e um ataque e também mostrara a sua força

(Cael)-eu não me importo, iremos seguir com os lobos

(Níniel)-mas mestres os mercadores aqui são em sua maioria, nobres de ranking 7 eles podem fazer um escândalo e dizer que o senhor roubou os lobos deles apesar de ser bem forte e poder derrotar todos os guardas dessa cidade o povo pode se virar contra o senhor e isso seria ruim

(Cael)-pode deixar eles tentarem, eu não darei as minhas coisas para ninguém!

Assim eles o seguiram para o portão da cidade puri continuou olhando tudo fascinada gobu já não estava tão fascinada ela queria era entrar na cidade, assim o grupo foi adiante todos em cima dos lobos gigantes ao se aproximar eles viram uma fila com muitos mercadores.

Ao chegar perto vários deles se assustaram com aquele grupo, mais ao ver que não tinham um brasão de nobre, sorrisos apareceram nos rostos de alguns, mas estavam acanhados de tentar fazer algo com aqueles lobos de quase 3 metros ali, até que um grupo de mercadores apareceu atrás deles.
Era a companhia, trevo do leste a liderada por um grã-lorde e dominava as 30 cidades ao redor dali e com certeza se tornaria um barão em pouco tempo.

Um mercador saiu de dentro de uma das dúzias de caravanas que se encontravam ali e nem reparou nos lobos gigantes

(Mercador)-saem da frente vocês não estão vendo quem esta aqui?

Com um só grito todos os mercadores moveram rapidamente suas carroças do caminho.

Como cael não ligava para aquilo continuou parado vendo que as carroças a sua frente tinha saído da frente ele decidiu avançar assim ele passou a frente de todos.

Vendo aquilo os mercadores se sentiram com uma raiva explosiva, é o maior deles era o da companhia, trevo do leste

(Mercador)-maldito você ousa entrar na minha frente?

Cael nem ouviu aquilo o mercador então correu e tentou dar um chute e um dos lobos, mas foi parado por uma mão verde gigante que o levantou pelo pé

(Édipo)-mestri e pra matar?

O mercador ficou branco

(Cael)-coloque o, no chão você não deve matar todos os nobres que vê por aí vamos logo os bons senhores abriram caminho para nós.

O mercador ainda estava em choque, foi aí que ele percebeu os lobos gigantes e aquela linda hobgoblin atrás do nobre que tinha um sorriso no rosto e abraçava o jovem que eles chamavam de chefe.

O mercador pensou que tinha ganhado na loteria, um, cara tinha tudo isso e ainda o desrespeitou daquela maneira com aquele tesouro ele subiria vários ranking no grupo

“O grã-lorde pode até me tornar seu genro hahaha”.

Cael já estava na frente do portão

(Guardas)-alto lá.

Diferente dos mercadores que não tinham nenhuma noção de perigo os guardas, por outro lado sabiam como era q força de um lobo gigante e a dificuldade em se tomar um só viscondes teriam algo, como um lobo gigante e esse cara na frente dele tinha pelo menos 12, além daquele ser verde gigante e assustador

(Cael)-olá, somos um grupo mercenário e gostaríamos de entrar na cidade

(lider dos guardas)-olá senhor, nossa cidade estaria grata em aceitar o senhor pode entrar.

O líder dos guardas sabia que para ter um poder assim, ele teria alguém maior por trás, então deixaria passar com calma

(Líder dos guardas)-só precisamos que o senhor faça um pequeno teste.
Os mercadores vêem como o lider da guarda estava agindo perceberam o erro deles alguém não mostraria tanto poder assim se não tivesse algum poder por trás para manter aquela fortuna.
Só que o mercador do trevo do leste nem prestou atenção nisso seus olhos só viam ganancia

(Mercador)-guardas prendam esse homem ele roubou minha escrava e meus lobos.

Se fosse outro qualquer os guardas prenderiam o homem na hora, mas desta vez o ignoraram

(Mercador)-como ousam me ignorar.

O Mercador foi correndo para os lobos de novo só para ser pego por édipo

(Édipo)-mestri podi matar

(Cael)-só se livre dele.

Com um só chute o mercador saiu voando varias metros e desmaiando

(Cael)-vamos fazer o teste e entrar logo na cidade.

Os outros mercadores se sentiram felizes por não serem eles a cair na ganância e tentar atacar aquele grupo.
O grupo entra nos muros e são levados a uma sala.

Onde a uma esfera

(Líder dos guardas)-coloque sua mão ali

(Cael)-okay, ele coloca a mão lá e a esfera que era verde fica azul e algumas coisas aparecem.

Nome: Cael
Nível 47
Classe: domador negro
Subclasse: ferreiro
Procurado-não

Cael já sabia o que era aquilo era uma pedra que funcionava como sua avaliação só que era muito pior só aparecia seu nome, nível, classe e se ele era procurado ou não, isso era inútil para cael já que ele podia mudar a aparência de seu status com sua habilidade.

O nível de cael era 66, mas sua forca era equivalente a alguém no nível 100 graças a seu treinamento pesado, títulos e bônus da vila

(Líder dos guardas)-esta tudo normal, nunca vi uma classe assim, peço ao senhor que cuide dos lobos, não tenho medo de que eles ataquem alguém mais a muitos iguais aquele mercador e isso pode dar em problemas

(Cael)-obrigado pelo aviso, mas algo

(Líder dos guardas)-bem você esta limpo só e necessário que paga uma taxa e poderá andar pela cidade.
Cael termina de fazer as coisas e finalmente tem acesso à cidade

“Aquele guarda e um bom homem”

Cael entra na cidade parece que ele entrou pelo lado dos comerciantes então assim que, pois os pés na cidade já esta, cheio de pessoas

(Puri)-olha mestre aquelas pessoas ali!

(Gobu)-cael, cael veja a pessoas com orelhas pontudas

(Puri)-são as elfas, como são lindas
As meninas saem correndo por aí, observando tudo

(Puri)-mestre olha são frutas roxas

(Vendedor)-ei jovem quando você me dá por essa coisa, ai lhe ofereço 5 moedas de prata grande

(Cael)-não esta a venda!

Cael fala em um tom serio

(Vendedor)-esta okay, você gostaria de alguma coisa.

O vendedor surpreende mente não tenta persisti e oferece seus produtos em sua grande barraca a várias coisas deste armas, até frutas tropicais

(Cael)-eu gostaria de algo, da maior importância.

O olho esquerdo do vendedor brilha em uma cor dourada e por um momento sua pupila fica igual a de um gato, algo que passa despercebido por todos

(Vendedor)-informação

(Cael)-exato

(Vendedor)-se você tiver o dinheiro posso lhe contar o que quiser.

Depois de falar com o vendedor cael sai com gobu e puri para continuar a comprar as coisas e procurar algum lugar para passar a noite.

As meninas só tinham vido as barracas até agora, mas agora eles estavam direcionados para fora daquele festival e indo conhecer a cidade.

Revisado-Marcos
(Marcos-muito mal revisado #drakenfelpsbest)

Comentários