SS: Capitulo-34-Imagem demoniaca

(Laura)-como você pode estar vivo, e essa aparência?

(Cael)-isso não importa, só saiba que eu não guardo nenhum sentimento de vingança contra você e a estou ajudando por causa das crianças.

(Laura)-mas…

(Cael)-você vai querer o emprego ou não?

(Laura)-vou!

(Cael)-okay então mandarei meus subordinados, virem buscar as crianças e você amanhã.

Cael então sai, dali e deixa Laura chorando ajoelhada no chão.

(Gobu)-você esta bem.

Cael vira olha para gobu e lhe dá um beijo.

(Cael)-estou, pensei que iria sentir algo, mas apenas sinto pena

Cael e gobu saem dali abraçados e vão ao encontro do grupo mercenário lá eles dizem que encontraram um local adequado eles vão para o meio da cidade.

Lá a um terreno muito grande de cerca de 1000m²

(Cael)-e um ótimo terreno, como ele ainda existe no meio da cidade?

(níniel)-dizem que esse terreno esta assombrado

(Cael)-magia negra, detecção de almas!

Uma nevoa negra passa pelo terreno e na nevoa seres brancos começam a aparecer.

(Cael)-parece haver algumas assombrações mesmo, magia da luz, pequeno exorcismo

Com aquele feitiço todos os seres brancos desaparecem rapidamente, Cael descobre algo.

(Cael)-vamos comprar o terreno!

Cael e o grupo se encontram com o dono do terreno e depois de alguma “negociação” com édipo e Carla ele fez um bom preço.

No caminho de volta alguns bandidos atacam o grupo que são rapidamente mortos e transformados em esqueletos.

Nesse tempo que passou cael andou sempre produzindo esqueletos, ele saiu de twinbirds com cerca de 50, mas agora existiam, mais de 1500 ele podia produzir cerca de 100 por dia com sua mana, claro ele poderia criar bem mais, mas isso faria ele ficar sem mana então ele cria pela velocidade de carregamento de sua mana todos os mortos vivos que ele cria agora são de nível 30 esqueletos soldados, eles não podem subir de nível, cael tentou alterar o feitiço para deixa-los, mas fortes, mas era impossível ou começa do nível 1, ou não sobe de nível e para criar esqueletos mais fortes e necessario pedras de mana e corpos melhores mais todos os esqueletos são negros e imunes ao sol, o estranho e que o urso zumbi que evoluiu para um urso ghoul consegue subir de nível, cael quer saber a diferença entre eles para isso acontecer.

Eles retornam ao terreno e cael invoca lichie, primos, segundos, terceiros e os orcs.

(Lichie)-mestre.

(Cael)-quero que vocês construam na frente um lugar para atendimento, no fundo, criem um alojamento um local de treinamento e uma casa para nos vivermos.

(Lichie)-sim senhor

Cael manda os bandidos comprarem os, matérias e sai pela cidade com gobu e puri com um lobo gigante que ele gosta chamado draco, ele lida com alguns ladrões e engraçadinhos que tentam fazer algo com gobu, eles estão andando quando ouvem vozes atrás deles.

(Mulher)-querido me compre, aquele lobo por favor

(Homem)-claro haha, ei plebeu me entregue o cão sarnento ai eu lhe darei 1 moeda de bronze

(Cael)-penso que ouvi errado? Você quer meu lobo gigante de grau ouro por uma prata?

(Homem)-Grauuuu Ourrooo!!!!!, hahahaaha pare de mentir moleque

Ao olhar para a pessoa a sua frente cael se lembra era o mesmo nobre que tentou retirar o olho de uma criança.

(cael)-e até se fosse apenas um little Wolf de grau bronze ele custaria ao menos uma moeda de prata

(Homem)-okay você e um moleque esperto tome 1 moeda de prata e me dê o lobo

(Cael)-não esta a venda

(Homem)-estou de bom humor você ousa ignorar um nobre

Parecia que ele estava se contendo, pois, estava com uma mulher, mas ele puxou a espada para atacar Cael, Cael decidiu brincar com o homem.

(Cael)-espere poderoso nobre eu não sabia que o senhor era um nobre eu lhe darei meu lobo!

Gobu recebendo uma piscadinha de cael entendeu a situação.

(Gobu)-hihihihi

(Cael)-draco vá com o moço

(Homem)-venha você será um ótimo presente

O lobo vendo que tudo era encenação senta a bunda no chão e finge preguiça.

(Homem)-lobo burro vamos logo

(Cael)-se acalme senhor vou falar com ele, draco sei que o senhor ali fede igual a um peixe podre, mas vá com ele

(Homem)-o que você falou?

Uma multidão se reúne e começar a rir.

(Cael)-os narizes dos lobos são sensíveis o seu cheiro para nos humanos e bem cheiroso, mas para os cachorros deve ser horrível

(Homem)-okay então, venha logo cão!

(Cael)-draco ousa o moço sei que ele e mais feio que a bunda de um goblin, mas vá com ele

Risadas ecoam da multidão

(Homem)-moleque você esta brincando comigo?

(Cael)-eu nunca ousaria senhor, e por que para os lobos a beleza e diferente entende, o senhor e o homem mais belo que já vi rsrsrsrs

(Homem)-sim, adiante logo isso
O homem a cada elogio já mudava de ideia as risadas da multidão só aumentavam.

(Cael)-draco essa e a última vez vá com o homem, sei que as roupas dele parecem mais com a de um palhaço do que de gente, mas vá lá okay

(Homem)-já chega moleque me entregue o lobo

(Draco)-houuuuuuuu!!!!!

O homem estava perto de tocar draco o lobo se levanta mostrando a majestade de seu tamanho a com um rugido derruba o homem No chão, os subordinados do homem o pegam e levam embora correndo.

E a multidão começa a rir e bater palmas.

(Cael)-muito obrigado por verem o show, sou cael do grupo mercenário chama negra, e nosso lema é, se você tiver dinheiro faremos, se você tiver dinheiro, mas eu não for com a sua cara  iremos lhe roubar e lhe mataremos, não temos medo de nobres e faremos qualquer serviço aqui esta nosso cartão.

Cael entrega cartões para várias pessoas, a mulher que estava com o nobre começa a piscar sedutoramente para cael e se aproxima.

(Vadia)-você sabia, que adoro homem fortes e engraçados?

(Cael)-não me toque!

(Vadia)-a você e difícil? Gosto disso
A mulher se move para tocar cael e uma mão segura seu pulso e o aperta.

(Gobu)-você e surda não o toque sua vadia

Gobu com sede de sangue nós olhos joga a mulher no chão que sai correndo
(Cael)-gobu não precisava se preocupar eu não ia ficar com aquela mulher, odeio mulheres como aquelas.

(Gobu)-eu não ligo de você ficar com outras mulheres sei que você me ama, mas tinha algo com aquela mulher de estranho

(Cael)-entendo, esta tudo bem!
Eles voltam para o terreno que já tem algumas coisas construídas inclusive uma cabana para gobu e cael.

Cena +18


Ao entrar na cabana cael e gobu avistam um balde com agua no chão que deve ser para banhos.

(cael)-gobu sente ali naquele banco vou limpar suas costas.

Gobu senta no banco e cael pega uma esponja e também tira a roupa e começa a lavar as costas de gobu ele junta seus cabelos e começa a lavar seu pescoço, descendo sua mãos ele faz uma massagem na suas costas ele então apalpa seu peito e lava cada canto do corpo dela.

Depois e a vez de cael, cael senta na frente de gobu e ela começa a limpar sua costas.

Com sua boca ela dá uma mordida no pescoço de cael e desce sua mão direita para a cintura dele e a outra para a própria.

Quando ela coloca a mão ele já esta duro ela pega a esponja molhada e começa a masturbar cael ela então vai para frente dele e começa a acelerar a mão e lambe a cabeça dele.

(Cael)-eu não aguento mais

Cael goza com tudo fazendo voar por todo o rosto de gobu.

Com uma voz áspera gobu fala.

(Gobu)-tem tanto

Cael ainda duro com gobu no colo enfia seu pênis nela que já goza e na primeira penetração com seu rosto em êxtase, cael continua a enfiar com força e goza varias vezes depois de tudo ele fala.

(Cael)-pelo jeito precisamos tomar outro banho

Os dois voltam a se banhar e ainda no meio tem outra batalha, vão dormir.


Acaba aqui texto normal.

De madrugada cael se move durante a noite em um beco ele encontra com aquela mulher conversando com uma esfera na mão.

(Vadia)-eu consegui controlar três nobres.

(Voz)-era para você der controlado às quatro nobres um de cada família da cidade!!!

(vadia)-um jovem me impediu mestre ele tinha uma força incrível, eu não conseguia ver nada

(Voz)-okay continue com o plano

A esfera brilha com uma luz verde, uma magia que cael já conhecia
“Magia de controle mental”

(Cael)-ei

(Vadia)-quem esta ai

(Cael)-parece que você não e uma simples vadia

(Vadia)-droga quem e você?

Cael se mistura nas sombras utilizando sua furtividade e magia negra.

(Cael)-sou eu

Cael aparece na frente da mulher.

(Vadia)-aaaa por favor não me mate

(Cael)-eu não vou matar você, pessoas que controlam a mentes de outras por boa vontade não merecem morrer rapidamente

A vadia puxa uma esfera e aponta pra cael e algumas informações aparecem para ela, que a deixam em estado de choque. Aquilo era uma esfera diferente das de status era uma esfera de alma dizem ver as almas das pessoas para medir a força, mas, na verdade, lê as flutuações de mana do alvo e seus atributos dizendo o nível de perigo.

“Mexi com um monstro”

O Que apareceu para ela era imagem de um grande demônio de fogo negro.

(Vadia)-e um verdadeiro demônio.

Depois daquilo a mulher não via, mas nada ela estava em um espaço vazio, sozinha.

E a única coisa na sua mente era aquela imagem demoníaca.

Aquele objeto, na verdade, via a aura de batalhas das pessoas, mas como não e comum alguém abaixo do nível 100 ter aura de batalha, e comum utilizar aquilo para ver o nível de perigo de alguém pelo tamanho de sua aura, apenas que a última vez que cael usou aquilo era a forma de um demônio por isso a imagem ficou gravada.

Cael mandou ela para um espaço de armazenamento separado feito com a mistura de sua habilidade com gula criando uma prisão e bem fácil sair de lá era só mandar sua mana para todas as direções, mas aquela mulher não pensaria nisso.

Cael iria fazer algumas perguntas para ela depois.

Comentários