Poder Sem Precedentes (Parte 2)

A elfa de cabelo prateado disse que ia levar esse humano, Rebethra para ser exato. Tendo ouvido o que ela disse, Riley abaixou a espada que ele levantou e perguntou:

“Você vai levá-lo?”

Riley parecia não gostar da ideia. Ele olhou para a elfa que estava em pé em cima do cadáver do dragão. Seus olhos estavam cheios de dúvida ao olhar para a elfa. Não abrandando o olhar, Riley perguntou a elfa,

“Eu nem sei quem você é. Por que eu deveria apenas deixar você ter esse desgraçado?”

Com base no que a elfa de cabelo prateado resmungou antes sobre ser alguma ancião, Riley percebeu que ela deveria estar no topo da espécie dragão.

“Você não acabou de me perguntar por que um dragão veio até aqui?”

Uma elfa de cabelo prateado encarou o olhar de Riley. Parecia que ela percebeu algo atrasado. Ela sorriu levemente e abaixou a cabeça.

“Agora que penso nisso, essa é a primeira vez que nos encontramos pessoalmente. Eu deveria ter me apresentado em detalhes. É um prazer conhecê-lo. Meu nome é Isilteru. Nós, os dragões, temos uma missão. É manter o equilíbrio do mundo e a roda do destino. Então … estou aqui para pegar o corpo daquele homem.”

Isilteru disse enquanto olhava para Rebethra, que estava em um estado horrível. Riley também casualmente olhou para Rebethra.

Parecia que Isilteru e Rebethra não eram aliados. Encarando Isilteru firmemente olhando para ele, Rebethra olhou para ela e moeu os dentes.

“Você está dizendo que vai levá-lo porque isso vai fazer o equilíbrio do mundo ou o que for seguro?”

Com um ponto de interrogação no rosto, Riley perguntou sobre a explicação de Isilteru.

Isilteru achou que a conversa terminaria bem. Ela sorriu levemente e disse:

“Sim.”

Riley deu um sorriso como Isilteru. Ele deu um momento de pausa e disse:

“… Eu não quero. O que você vai fazer sobre isso?”

Riley se recusou a cooperar. Antes de sua resposta, as sobrancelhas de Isilteru foram erguidas suavemente. Agora, tendo ouvido sua resposta, ela franziu ligeiramente as sobrancelhas.

“… O que?”

“Eu gostaria de dizer não às coisas mais incômodas. É por isso.”

Tendo terminado de falar, Riley balançou sua espada.

O alvo era Rebethra.

“Espere!”

Isilteru entrou em pânico ao ver o movimento repentino de Riley. Ela apressadamente estendeu a mão e lançou uma magia defensiva para proteger o pescoço de Rebethra.

A espada de Riley foi balançada. Deixando um rastro de linha azul, a espada correu em direção ao pescoço de Rebethra.

No entanto, Isilteru mal conseguiu proteger o pescoço de Rebethra com seu feitiço de barreira.

“Ele não pode morrer ainda. Mate-o mais tarde, depois de obter informações suficientes dele primeiro, não será tarde demais.”

Isilteru continuou enquanto ela soltava o suor frio do golpe de espada que ela defendeu contra agora.

“Isso é um golpe de um mero humano?”

Havia uma longa linha azul desenhada acima da barreira. A espada que Riley estava segurando ficou ainda mais fina. Além disso, havia o tamanho da mana que Riley tinha. Tendo observado todos eles, Isilteru sentiu frio. Ela continuou a fim de convencer Riley.

“Claro. Eu entendo muito bem que a situação atual não é do seu agrado. Contudo…”

Riley franziu o rosto como se tudo isso fosse um incômodo para ele. Ele levantou a espada mais uma vez e cortou as palavras de Isilteru.

“… Se você entende, então não encha mais.”

A espada que ele ergueu não ficou fina até o limite. Até tinha uma longa rachadura.”

“Esse filha da puta até trouxe de volta desgraçados mortos. Você quer mantê-lo vivo? Pelo que? Você está apenas brincando? Eu tive o suficiente desse absurdo. Não torne o problema maior do que já é.”

Riley expressou claramente que Isilteru não deveria se intrometer mais. Isilteru lançou mais uma barreira e colocou-a em cima da que já estava lá. Ela tentou persuadi-lo novamente.

“Se você matá-lo agora, isso pode facilitar as coisas pelos próximos cem anos. No entanto, não posso garantir que continue assim depois! Pelo bem do futuro, é melhor mantê-lo vivo!

Tendo ouvido o que ela acabou de dizer, Riley parou a espada que ele estava prestes a balançar em Rebethra. Riley casualmente moveu o olhar e começou a franzir as sobrancelhas.

“… Cem anos depois?”

Parecia que Isilteru estava aliviada ao ouvir a pergunta de Riley. Ela suspirou e assentiu.

Ela estava tentando convencer Riley, pedindo-lhe para pensar sobre o futuro distante, em vez do presente.

“Sim. Algo assim aconteceu no passado. Não há garantia de que isso não acontecerá novamente pela terceira vez, então … Precisamos parar com isso completamente dessa vez. Se esse homem morrer agora, não será possível para nós nos prepararmos para o que poderia acontecer no futuro distante…”

Enquanto Isilteru continuava sua persuasão, ela retirou a barreira que lançou para proteger Rebethra. Assim que o fez, Riley abriu os olhos sem ouvir o final do que ela dizia.

“… Espere!”

Sentindo sua aura mortal, Isilteru se encolheu. Ela gerou várias dezenas de luzez na palma da mão e transformou-as em uma corrente. Ela usou para rapidamente conter Riley que estava prestes a balançar sua espada.

“Você é apenas uma lagarta, ainda …”

Em resposta a Isilteru irritando-o com sua ação, Riley realmente parecia enfurecido. Ele moeu os dentes com força e olhou para ela.

“… Ugh ?!”

Sentindo a aura mortal de Riley, Isilteru se encolheu novamente. Ela tinha um olhar confuso no rosto. Ela engoliu em seco.

“Meu corpo?”

Foi porque ela não foi capaz de mover seu corpo.

“Não se meta. Depois de cem anos… Por enquanto, deixe os desgraçados que estarão lá daqui a cem anos para lidar com isso. Eu…”

Riley murmurou com um olhar violento no rosto. Ele tirou a corrente de luz de Isilteru que estava restringindo seus braços e pernas. Ele balançou a espada em direção a Rebethra novamente.

“… Apenas viverei confortavelmente agora.”

“NÃO!”

Porque ela estava petrificada de sentir a aura mortal de Riley, sua magia de corrente de luz estava completamente desfeita. Ela levantou sua mana e forçou seu corpo a se mover.

‘Como esperado, devo dizer que você não é um ancião dos dragões por nada? Eu não achei que você fosse forçar seu corpo a se mover em seu estado atual. Ainda agora…’

Rebethra tinha uma expressão de pena no seu rosto. Parecia que ele desistiu de tudo. Riley estava balançando sua espada em direção a Rebethra enquanto ele murmurava internamente,

‘… esse é o fim!’

Parecia que Isilteru estava tentando recuperar Rebethra. Ela desenhou um círculo mágico abaixo dele. No entanto, o balanço da espada de Riley foi mais rápido do que a taxa de conclusão de seu círculo mágico.

A espada, que foi balançada várias vezes enquanto estava envolvida na mana de Riley, ficou fina como um sincelo de gelo. A espada ainda tinha uma longa rachadura. Tornou-se tão fraca que parecia que não poderia ser balançada mais de uma vez. No entanto, Riley estimou que seria o suficiente.

“… ?!”

Riley certamente estava pensando nisso até que ele viu o olhar surpreso em Rebethra, aquele que estava prestes a perder sua vida pela espada de Riley.

<… Estou desapontado, Rebethra.>

Nesse momento crítico …

Uma voz profunda poderia ser ouvida.

A voz era diferente de Isilteru, a ancião dos dragões. A voz parecia aterrorizante.

Estava vindo do espaço dimensional de onde o cadáver do dragão saiu.

“…?”

“…?”

Riley não foi o único que ficou surpreso. Isilteru, que estava tentando recuperar Rebethra agora, não estava esperando a voz profunda do espaço dimensional. Ela tinha os olhos bem abertos e estava olhando para a direção.

<… Você me despertou muito cedo.>

Foi logo antes da espada de Riley chegar ao pescoço de Rebethra. O cadáver do dragão que saiu pelo espaço dimensional desapareceu sem deixar vestígios. Do espaço dimensional, um braço de repente saiu. A aparência do braço tinha uma luz roxa e preta misturada.

“Kuk ?!”

A mão negra perfurou impiedosamente o ombro de Isilteru enquanto ela estendia o braço para recuperar o corpo de Rebethra. A mão imediatamente atacou Riley.

‘O que é isso?!’

Riley usou a magia do tempo e fez seu corpo se mover mais rápido. Ele virou o ângulo da espada que ele estava balançando em direção a Rebethra. Ele então balançou a espada em direção à mão negra que estava correndo em direção ao seu peito.

“Kuk ?!”

Foi por pouco, mas Riley foi capaz de parar a mão negra que estava atacando. No entanto, o problema agora era a condição de sua espada.

A espada já estava no limite. A mão negra quebrou a espada como se fosse uma vara de biscoito. A mão arranhou a cintura de Riley quando ela passou.

“Ugh!”

Riley se esquivou de um ferimento fatal ao desviar a mão negra. Ele viu a mão arrebatando Rebethra.

Riley franziu o rosto.

‘Não pode ser…’

O braço, que se estendia comprido como uma corda de borracha, começou a encurtar rapidamente seu comprimento.

Era a mão que pegou Rebethra agora mesmo. Isilteru, que foi perfurada pela mão anteriormente, rapidamente usou o teletransporte e chegou ao lado de Riley.

“Kurhuk !!”

Isilteru tossiu sangue e desmoronou para frente. No entanto, parecia que Riley nem percebeu ela. Riley observou o braço negro rapidamente reduzindo seu comprimento e sendo sugado para o espaço dimensional. A espada de Riley foi quebrada ao meio. Segurando a espada, ele correu para a frente.

“Eu nunca dei a você a permissão para levar esse desgraçado vivo…”

<Oh, quem você poderia ser?>

Riley cortaria tanto Rebethra quanto a mão negra que estava sendo sugada para o espaço dimensional. No entanto, ele ouviu a voz vindo além do espaço dimensional. Riley prendeu a respiração.

<Você ainda está vagando sem rumo por causa do que aconteceu em sua vida passada?>

‘… O que?’

<Suas memórias são bastante intrigantes… Tudo bem. Como recompensa, vou lhe dar um presente.>

Parecia que o riso depreciativo estava vindo além do espaço dimensional. Riley estava pensando sobre o que ele acabou de ouvir da voz, mas então a mão negra mudou de direção e bateu no corpo de Riley como um chicote.

“Kuhup ?!”

O topo da mão negra bateu em Riley. Seu corpo estava curvado como um arco e ele foi rebatido como uma bala de canhão.

Boom, boom.

O corpo de Riley atravessou os esgotos e prédios antigos da Solia Inferior. Seu corpo não diminuiu a velocidade. Continuou a ricochetear e voou acima da Praça Principal de Solia em uma trajetória de parábola. Seu corpo caiu na parede externa do Castelo de Solia.

“Até … Kuk!”

Riley não apenas sofreu danos físicos. A reação da aura mortal que ele espalhou para conter Isilteru voltou correndo para ele ao mesmo tempo. De repente ele tossiu sangue.

“Kuhuk. Kuk …”

Isilteru, que teve seu ombro perfurado e desmoronou para frente, estava tossindo sangue como ele.

“Sem mana, apenas balançando a mão, gerou esse tipo de poder?”

Isilteru observou Riley sendo jogado da Solia Inferior até o Castelo de Solia. Ela tampou o ombro perfurado com a mão enquanto olhava para a mão negra e Rebethra. Eles estavam sendo sugados para o espaço dimensional.

‘Kuk. Eu não posso perdê-lo assim…”

Isilteru flutuou luz e estava desenhando algo no ar com o dedo. No entanto, sua consciência estava começando a desaparecer. Incapaz de aguentar, ela estava prestes a desmoronar para a frente novamente. No entanto, alguém veio para ficar ao lado dela e apoiá-la.

“… Isso é ridículo. Eu não sei qual é a situação, mas…”

Andal, o jovem de cabelos vermelhos, apoiou-a. Tendo confirmado, Isilteru pareceu aliviada. Ela fechou os olhos. A moça que chegou depois e correu para segui-los, aproximou-se dela e terminou o sinal que Isilteru estava desenhando.

“… Eu a terminei.”

O tipo inato de Isilteru era luz, e Andal estava em falta nesse tipo. Por outro lado, Nainiae, que foi abençoada com todos os tipos elementais, conseguiu completar o sinal para Isilteru. Ela olhou para a mão negra e Rebethra desapareceu no espaço dimensional.

“…”

Ela ainda tinha cicatrizes no rosto e ainda tinha o olho branco morto. Seu olho branco estava olhando para a abertura do espaço dimensional que estava ficando cada vez mais estreita.

‘Para onde…’

Logo, o espaço dimensional desapareceu completamente. Nainiae, que estava olhando para ele, abriu os olhos arregalados. Ela abriu a boca vagamente também.

“…?”

“Você o achou?”

Apenas um momento antes disso, Andal deu a Nainiae uma tempestade de conselhos no estilo de motorista no banco de trás. Agora ele estava aqui para apoiar Isilteru. Andal perguntou se ela encontrou onde Rebethra foi.

Nainiae, que abriu a boca vagamente, assentiu lentamente.

“Onde?”

A líder de Andal foi atacada. Por causa disso, os olhos de Andal ardiam em chamas de fúria. Tendo notado os olhos de Andal, Nainiae mordeu o lábio inferior com força e virou a cabeça.

“… Onde ele está, onde esse filha da puta está?”

Na direção que Nainiae se virou, Riley, que foi jogado e mergulhou na muralha do castelo, estava andando na direção deles enquanto limpava o sangue com o topo da mão.

“…”

Riley também estava exalando uma aura aterrorizante do seu olhar que era tão mortal quanto o de Andal. No entanto, em vez de medo, Nainiae estava com pena primeiro.

‘Jovem mestre…’

Nainiae estava mordendo seu lábio inferior porque … A mão negra, que estava gravada com um sinal na língua dragão por Isilteru e Nainiae, estava atualmente no mesmo lugar em que Riley pensava quando estava tendo pesadelos.

Comentários