Uma Discussão Heroica

 

Na câmara providenciada para nós haviam camas ornamentadas. Todos nós estávamos sentados nelas, inspecionando nossas armas mais atentamente, e deixando a visão se afastar distraidamente para checar a suas telas de status.

Eu olhei para a janela, apenas para descobrir que o sol já havia se posto há muito tempo, o que serve para mostrar quanto tempo nós passamos apenas lendo as instruções.

Ok, vamos ver. As Armas Lendárias não precisam de nenhum tipo de manutenção. Elas são fortes e robustas o bastante por conta própria. O material usado para construir as armas reage com o nível do herói que as empunha, e qualquer monstro morto seria registrado em algo chamado ‘Livro de Armas’.

O livro de armas era algo que aparentemente mantinha uma lista de todas as formas que as Armas Lendárias eram capazes de se transformar. Havia um livro de armas para meu próprio escudo que podia ser visto no ícone de informações sobre a arma. Eu o abri.

A borda da janela rapidamente expandiu até ocupar todo o meu campo de visão, e estava cheio com fileiras de ícones para armas. Parecia que nenhuma delas estava disponível para aprimorar no momento. Huh, dá pra acreditar? Parece que certas armas podiam ser definidas e melhoradas, ficando mais poderosas com o tempo.

Entendi. Funcionava da mesma forma que habilidades e armas são melhoradas com o tempo em jogos online. Dizia que para aprendermos habilidades, os poderes escondidos em nossas armas deveriam ser liberados. Na verdade parecia exatamente como o sistema de um jogo.

“Ei, isso é parecido com um jogo, vocês não acham? ”

Parecia que os outros caras estavam lendo os menus de ajuda também. Um deles respondeu minha pergunta.

“Parecido com um jogo? Eu acho que provavelmente é um jogo. Eu conheço jogos que são exatamente assim.” Disse Motoyasu, passando um leve ar de presunção.

“Ahn? ”

“Sim, é um jogo online bem famoso. Você nunca nada ouviu sobre ele? ’

“Ah, não? E eu sou extremamente otaku.”

“Você nunca ouviu sobre ele, Naofumi? Se chama ‘Emerald Online’.”

“Nunca ouvi. O que é?

“Naofumi, você sequer jogou um jogo online antes na vida? Esse é famoso! ”

“Não, só joguei coisas como ‘Odin Online’ ou ‘Fantasy Moon Online’. Esses são bem famosos também.”

“Nunca ouvi falar deles. Devem ser títulos mais obscuros ou algo do tipo.”

“Huh? ”

“Huh? ”

“Não faço a menor ideia do que vocês estão falando. Isso não é em nada parecido com um jogo online. Tá mais para um jogo de console.”

“Motoyasu, Itsuki, vocês dois estão enganados. Em todo caso, é um VRMMO.”

“De jeito nenhum. Mesmo se supormos, por um momento, que estamos em um jogo online, ainda deve ser o tipo de jogo que é controlado por um mouse, ou um controle.”

Ren pareceu confuso pela teoria de Motoyasu, e então pulou na conversa. “Um Mouse? Um Controle? Sobre que tipo de jogos antiquados vocês estão falando? Hoje em dia, todos os jogos não são VRMMOs? ”

“VRMMO? Acho que você está falando de ‘Virtual Reality MMO’[1]? Pare de falar sobre ficção cientifica. Você sabe que a tecnologia atual ainda não está pronta para esse tipo de coisa.”

“Que?! ” Ren quase gritou, surpreso.

Parando pra pensar, Ren foi o primeiro de nós que aprendeu a usar a Magia de Status. Parecia que ele sabia o que estava fazendo. Acho que ele sabia mais do que deixava a entender.

Itsuki levantou a mão.

“Ahn, com licença? Vocês todos parecem estar pensando que isso é um jogo que conhecem. Posso saber o nome deste jogo? ”

‘Brave Star Online’.

‘Emerald Online’.

Eu fui o próximo. “Sei lá. Quer dizer, estamos mesmo em um jogo? ” Eu também achava meio parecido com um jogo, mas poderíamos mesmo ter entrado em um jogo que eu nem mesmo tinha ouvido falar?

“Entendo. Em minha opinião, isso me lembra muito de um jogo de console chamado ‘Dimension Wave’.”

Então nós todos parecíamos pensar que este mundo representava um jogo diferente.

“Espere um pouco. Vamos tentar nos concentrar no que sabemos com certeza.” Motoyasu descansou a cabeça nas mãos e tentou nos acalmar. “Ren, esse VRMMO, que você fala significa exatamente o que dissemos, correto? ”

“É”

“Itsuki, Naofumi, vocês entendem sobre o que ele está falando, não é? ”

“Eu acho que parece algo saído de um jogo de ficção científica, mas sim.”

“Acredito que eu tenha lido algo parecido certa vez em uma light novel.”

“Justo. Meus pensamentos vão para coisas parecidas também. Certo então, Ren. O jogo que você mencionou, ‘Brave Star Online’. Ele é um VRMMO também? ”

“Correto. O VRMMO que eu joguei se chamava ‘Brave Star Online’. O mundo era muito, muito parecido com este.”

Analisando a forma com que Ren falava sobre isso, parece que essa coisa de VRMMO é tecnologia comum para ele. Parece que computadores podiam ler as ondas cerebrais, e permitiam que o usuário mergulhasse diretamente no mundo computadorizado.

“Certo. Bem, se isso é verdade, Ren, no seu mundo, existiram jogos parecidos com os que nós mencionamos? Tipo, talvez no passado? ”

Ren balançou a cabeça negativamente. “E só pra vocês saberem, eu me considero bem versado na história e evolução dos jogos de onde eu venho. Eu nunca ouvi falar de nada parecido com o que vocês estão falando. E os jogos que vocês mencionaram… Vocês consideram eles títulos relativamente bem conhecidos, não é? ”

Motoyasu e eu assentimos.

Se todos nós sabíamos qualquer coisa sobre jogos online, o que todos nós concordávamos que sabíamos, parecia simplesmente impossível que não conhecêssemos títulos que os outros consideravam famosos. Mesmo que, em teoria, nenhum de nós soubesse tanto sobre o mundo dos jogos quanto nós acreditávamos que sabíamos… Nós todos mencionamos jogos que supostamente eram extremamente famosos. Como nós podíamos estar tão errados?

“Ok, nesse caso, vamos começar com algumas perguntas de senso comum. Vocês todos sabem o nome do primeiro ministro atual não é? ”

“Claro.”

“Certo, vamos todos dizer o nome ao mesmo tempo.”

“Masato Yuda.”

“Gotaro Yawahara.”

“Enichi Kodaka.”

“Shigeno Ichifuji.”

Todos nós ficamos em silêncio.

Eu nunca tinha ouvido nenhum dos outros nomes. Nem mesmo nos livros de história.

Nós então começamos a comparar nosso conhecimento sobre termos da internet, sites famosos e jogos famosos. Nenhum de nossos exemplos correspondeu. No fim, nós não tínhamos nenhuma referência compartilhada.

“Parece que viemos de versões diferentes do Japão.”

“De fato isso parece estar correto. Eu certamente não consigo imaginar que venhamos do mesmo lugar.”

“Acho que isso significa que há um Japão em todos os nossos mundos paralelos? ”

“Primeiramente eu achei que podíamos ser de diferentes períodos no tempo.  Mas nenhuma de nossas experiências se encaixa, então não pode ser.”

Mesmo assim, tínhamos algo em comum. Éramos todos otaku. Isso tinha que significar alguma coisa.

“Se esse é o caso, parece que todos nós fomos trazidos aqui por motivos diferentes e de formas diferentes.”

“Não estou muito interessado em ter essas conversas inúteis. Quer dizer, temos mesmo que ter alguma coisa em comum? ”

Ren falou como se fosse o cara mais legal na sala, e quisesse que todos soubessem disso.

“Eu estava no caminho para minha casa quando fui azarado o bastante para ser envolvido em um caso de assassinato. A cidade toda estava falando sobre, na época.”

“Aham.”

“Eu estava com um amigo. Lembro-me de ter salvo ele, e me lembro do criminoso sendo preso…”

… Ren estava esfregando levemente sua lateral enquanto falava.

Eu queria zoar ele um pouco. Que tipo de herói ele achava que era, com toda essa história de salvar seu melhor amigo? Eu consegui manter meus pensamentos para mim mesmo, no entanto.

Supus que ele estava dizendo que pegou o bandido, mas foi esfaqueado no lado durante a luta.

Ele parecia o tipo de cara capaz de se gabar por coisas que nunca aconteceram. Eu instantaneamente quis coloca-lo na lista de ‘pessoas não confiáveis’… Mas ainda assim, ele era um dos Heróis Lendários invocados aqui. O mínimo que eu podia fazer por ele era ouvi-lo.

“De qualquer forma, então, antes mesmo de eu perceber, eu cheguei aqui.”

“Faz sentido. Bem legal da sua parte, não? Salvar seu melhor amigo e tudo mais? ”

Ele respondeu ao meu elogio com ainda mais indiferença. Tudo bem então.

“Certo, acho que eu sou o próximo.” disse Motoyasu apontando levemente para si mesmo.

“Eu tenho… Bem, falando de uma forma direta… Eu tenho algumas namoradas.”

“Tenho certeza de que têm.”

Alguma coisa nele passava a imagem de um pensativo  irmão mais velho. Ele também dava a impressão de ser popular com as garotas.

“E então…”

“O que? Você ficou com muitas e elas te esfaquearam ou algo do tipo? ” Ren disse, rindo consigo mesmo.

Motoyasu abriu seus olhos surpreso e então assentiu.

“É, bem… Mulheres são assustadoras.”

‘Mas que droga! ” Não tive tempo de conter minha raiva e subitamente me vi gritando com ele. Ele poderia até mesmo morrer que eu não ligaria… Espere um pouco, acho que ele já morreu. Foi assim que eles chegaram aqui?

Mas espere… Itsuki colocou a mão sobre seu coração e começou a falar.

“Agora é minha vez. Eu estava voltando pra casa após a escola preparatória. Eu estava atravessando a rua, quando um caminhão de lixo virou a esquina na maior velocidade. E então…”

Novamente, todos ficamos em silêncio.

Mas espere, eu não estava meio isolado nessa situação?

“Ahn… Temos mesmo que falar como chegamos aqui? ”

“Bom, todos nós já falamos.”

“Verdade. Bem…Sinto muito. Eu estava na biblioteca, folheando um livro que eu nunca tinha visto antes. Então antes de eu perceber, eu cheguei aqui. “

Novamente, silêncio.

Eles estavam me encarando, olhos frios como gelo.

O que isso significava? Eu tinha que ter vindo parar aqui por meio de circunstâncias extremamente infelizes para fazer parte do grupo?

Os três começaram a sussurrar entre si para que eu não pudesse entender o que diziam.

“Sim…Mas ele…Ele tem um escudo.”

“Eu sabia…Motoyasu, você também? ”

“Sim… “

Comecei a sentir que eles estavam caçoando de mim. Era hora de mudar o assunto.

“Então, é seguro supor que todos nós temos uma ideia muito boa de como o sistema desse mundo funciona? ”

“Claro.”

“Já fiz isso mil vezes.”

“Eu acho que entendo bem o suficiente.”

Bem, aí está… Mas espere! Eu sou o único amador aqui?! Que droga.

“B-Bem… Talvez vocês pudessem me ensinar o que eu preciso saber para lutar nesse mundo? Não havia jogos como esse de onde eu venho.”

Ren estreitou seus olhos e me encarou. Novamente, um olhar gélido. Por algum motivo, Motoyasu e Itsuki estavam me olhando de forma gentil.

“Tudo bem então, seu irmãozão Motoyasu vai te explicar da melhor forma que ele puder, pelo menos o básico.” Ele soava falso, com aquele grande sorriso no rosto. Logo sua mão estava em meu ombro, e ele estava falando sem parar.

“Pra começar, e estou falando só do jogo que eu conheço, ‘Emerald Online’… Mas você é um ‘Escudeiro’. Basicamente, seu trabalho é usar seu Escudo para proteger as pessoas.”

“Aham.”

“No começo, sua defesa é muito alta, o que é bom, mas quanto mais seu grupo avança de níveis, o dano que você começa a tomar torna-se um pouco desbalanceado.”

“Aham.”

“Não há Escudeiros de alto nível. Nos níveis mais altos, é uma classe inútil.”

“Nãããããããããooooooooo! ”

Não era isso que eu queria ouvir. Qual era o problema com esse relatório de morte certa? Eles só queriam dizer era que eu estava condenado? Muito obrigado, mas não.

“Mas e as atualizações? Não houve atualizações? ”

Tipo… Para balancear minha classe?!

“Não. Por causa do sistema do jogo, e também graças a sua enorme população, a classe foi rapidamente abandonada. Não é boa para, praticamente, nada. Eu acho até que os desenvolvedores estavam planejando em apagar a classe…”

“E suponho que eu não possa mudar de ocupação[2]?! ”

“Bem todas as ocupações ligadas a essa classe estão… Como explicar? Mortas.”

“E eu não posso mudar? ”

“Não, o jogo nunca deixa você mudar para outra árvore de habilidades.”

O QUE?! Eu estava realmente preso com a pior ocupação possível no jogo? Eu estava encarando o escudo em meu braço enquanto pensava. Meu futuro era realmente tão sombrio?

“O que vocês acham? ” Eu perguntei me virando para Ren e Itsuki, mas ambos se afastaram.

“Sinto muito…”

“Eu também…”

Não! Enquanto eu pensava distraidamente no meu azar, eu percebi com o canto dos olhos os três se aproximando. Eles estavam em uma conversa aprofundada sobre o jogo.

“E a geografia? ”

“Os nomes estão diferentes, mas o mapa em si é parece ser o mesmo. E se o mapa é o mesmo, a probabilidade de que a divisão de eficiência dos monstros também seja a mesma é alta.”

“Os melhores campos de caça vão diferir para cada arma. É provavelmente melhor caçarmos em locais diferentes.”

“Verdade. Precisamos focar na eficiência.”

Todos eles sabiam o bastante sobre o jogo para entender como trapacear? Era o que estava começando a parecer. Ei, tive uma ideia. Se minha classe é tão fraca, eu podia só depender deles para me dar suporte.

Havia muitas formas de fazer isso. Mesmo que eu fosse fraco, batalhar em equipe ainda me daria experiência para aumentar de nível. O que é o outro mundo se não uma oportunidade de batalhar ao lado de seus irmãos, de estreitar seus laços? Era assim que deveria funcionar, não é?

Se houvesse pelo menos uma ou duas garotas na equipe. Aí sim as coisas seriam perfeitas. Se eu era um Escudeiro, eu não iria lutar. Eu só protegeria meus companheiros, certo? Eu não tive a chance de conhecer nenhuma garota no meu mundo antigo, mas talvez as coisas sejam diferentes aqui.

“Hmm… Vai ficar tudo bem. Quer dizer, estamos em um mundo novo! Mesmo que eu não seja o personagem mais forte, tenho certeza que tudo vai dar certo.”

Todos olharam para mim como se estivessem vendo algo deplorável… Ou pelo menos, foi essa a impressão que eu tive. Se eu deixasse que esse tipo de coisa me incomodasse, eu estaria acabado antes mesmo de começar. Além do mais, eu estava equipado para defender, e isso não era um jogo. Eu poderia só me livrar do escudo e conseguir alguma outra arma.

“Certo, vamos lá! ” Eu me forcei a demonstrar um pouco de iniciativa.

“Heróis, preparamos um banquete para vocês.”

O que? Parece que teríamos um jantar bem fino.

“Legal.”

Nós abrimos a porta e o subordinado nos guiou até o salão de banquete dos cavaleiros para o jantar.

Parecia algo saído de um filme de fantasia. O salão de banquetes de um grande castelo! Havia uma mesa larga disposta como um Buffet no centro, com todo o tipo de iguaria.

“Todos, por favor, comam o que quiserem.”

“O que? Vamos comer com o resto dos cavaleiros? ” Ren murmurou para si mesmo.

Como alguém poderia reclamar de um jantar como esse? Ele era realmente rude.

“Você entendeu errado. Essa refeição foi preparada especialmente para vocês. Não será permitida a entrada dos cavaleiros até que vocês terminem.” Disse o subordinado.

Eu olhei ao redor da sala apenas para perceber que a pequena multidão que acreditamos serem outras pessoas jantando era na verdade composta principalmente por chefes de cozinha. Suponho que isso queria dizer que nosso nível de prioridade era maior quando comparado aos cavaleiros do castelo.

“Obrigado. Então, vamos comer.”

“Sim.”

“Certo.”

E assim provamos a comida deste novo mundo. As sensibilidades culinárias definitivamente não eram parecidas com o que eu estava acostumado, mas não era de forma alguma nojento. Não houve praticamente nada naquela mesa que eu não devorei.

Nós terminamos de comer e nos encontramos caminhando sonolentos para nosso quarto.

“Será que eles tomam banho? ”

“Bom, parece que estamos em um período similar a Idade Média. Eles devem ter algo como banheiras.”

“Se você não pedir, duvido que eles irão providenciar.”

“Acho que posso deixar passar um dia.”

“É, estou ficando cansado, e a aventura começa amanhã. É bom garantir uma boa noite de sono.”

Todos assentiram em concordância a sugestão do Motoyasu, e fomos para a cama.

Nós quatro estávamos obviamente empolgados para a chegada do dia seguinte. Ainda assim, adormecemos bem rápido. Nossa aventura começou no dia seguinte!

[1] N/T: Jogos de realidade virtual, que introduzem o jogador a uma forma extremamente real de vivenciar a experiência virtual.

[2] N/T: Ocupações, também chamados de ‘Profissões’ geralmente são um grupo de mecânicas colocadas em jogos de RPG. A profissão de um personagem sempre está relacionada com sua classe e geralmente dita um grupo específico de habilidades que o personagem realiza com mais proficiência.

Comentarios em TNY: Volume 1 Capítulo 3



15

Índice×