iLivro

Chutar e Correr

 

No dia seguinte Raphtalia acordou juntamente a mim, e nós dois fomos para os estábulos.

“Gah! ”

Ao nos avistar, Filo gritou alegremente e correu para nos cumprimentar.

“Você já terminou de crescer? ”

Filo parecia ter aumentado pelo menos mais uma cabeça em estatura durante a noite.

Ela parecia já ter o mesmo tamanho dos Filoliais adultos que eu vi andando pelas ruas da Cidade do Castelo.

Agora ela era branca, com apenas algumas pequenas matizes de rosa em alguns lugares. Ela era bonita.

“Você está com fome? ”

“Gah? ”

Filo inclinou sua cabeça e pareceu estar confusa. Que bom, parecia que seu período de crescimento havia terminado.

E então eu ouvi aquele barulho estranho novamente. Ela estava crescendo tão rápido que seu corpo não conseguia acompanhar as mudanças.

Nós tomamos um café da manhã e então sentamos para discutir o planejamento para aquele dia.

Todos os aldeões pareciam muito ocupados. Eles ficavam falando sobre terem que fazer reparos.

“Gah…”

Uma carroça estava sendo puxada na estrada, cheia de materiais para reparos. Filo olhou para ela, um olhar quase saudoso…

“Você quer puxar aquilo? ”

“Aposto que ela quer.”
“O que foi, Herói? ”

Raphtalia e eu estávamos conversando e apontando para a carroça quando um aldeão parou e nos perguntou.

“Minha Filolial estava encarando aquela carroça, então eu estava tentando entender se ela queria puxá-lo ou algo do tipo.”

“Sim, Filoliais agem dessa forma, com base em seu instinto.”

O aldeão assentiu e olhou para Filo.

“Todos estão muito ocupados com as reformas, então nós precisamos de toda a ajuda possível. Herói, se nós lhe prometêssemos uma carroça, você poderia nos ajudar? ”
“Hmm…”

Não era uma ideia ruim. E já que eu finalmente adquiri um monstro útil, fazia sentido colocá-la para trabalhar. Se tudo ocorresse bem, nós poderíamos utilizar o tempo que antes gastávamos viajando fazendo outras atividades.

“O que você precisa que nós façamos? ”
“Alguns dos outros aldeões estão obtendo madeira serrada de uma floresta próxima. Você poderia nos ajudar a trazer a madeira de volta para a vila? ”

“A floresta…”

Parando para refletir, eu ainda não tinha visitado aquela floresta.

“Podemos acabar demorando um pouco, você se importa? ”
“Não, tudo bem.”

Nós estávamos no meio de nossa conversa quando eu avistei alguém que eu conhecia de fora da vila. Eles estavam em grupo, e corriam até nós em uma carruagem puxada por por um Dragão de Cavaleiro.

O líder vestia uma cota de malha com um peitoral brilhante por cima. Ele também carregava consigo uma lança notável.

Exatamente. Tratava-se de Motoyasu e a Vadia. Eles desceram de sua carruagem.

“Ei, vocês aldeões, aproximem-se todos! ”

Os aldeões ocupados colocaram seus trabalhos de lado e começaram a caminhar até os intrusos. Então a Vadia desenrolou um longo pergaminho e começou a discursar para todos.

“Cidadãos! Como reconhecimento por suas gloriosas vitórias durante a última onda de destruição, o Rei destas terras concedeu a este homem, Motoyasu Kitamura, o cargo de governador deste território.”

O quê? Governador? O Motoyasu?

Como se pudesse ouvir meus pensamentos, Motoyasu gritou subitamente:

“O que significa que eu, O Herói da Lança, estou no comando aqui. Foi requisitado que eu supervisionasse a reconstrução da cidade! Eu espero obter a cooperação de vocês de agora em diante! Assegurem-se de que vocês possuem uma quantia apropriada de dinheiro para os seus respectivos projetos antes de adquirirem os materiais necessários! ”

“O quê?! ”

A maioria dos aldeões pareciam estar incrédulos com o seu novo líder.

Mas essa era uma reação normal. Durante a onda, quando a vila estava sob ataque, o que o Herói da Lança tinha feito por eles? Nada! E ainda assim lá estava ele, querendo ser o seu novo líder? É óbvio que eles não aceitariam esta nova designação tão facilmente.

Além disso, receber o cargo de governador por vencer uma batalha? Por que a Coroa era tão íntima com o Motoyasu?

“Você deve ter se enganado. Veja bem, eu sou o governador aqui.”

Um homem na multidão ergueu sua mão e se dirigiu ao Motoyasu. Essa, também, poderia ser considerada uma atitude natural. Por que alguém iria simplesmente aceitar uma eleição tão aleatória?

Bem, era uma ordem oficial, então acho que não havia muito que eles pudessem fazer que não fosse considerado rebelião, mas ainda assim – as pessoas se sentiriam antagonizadas.

“O que você está insinuando? Você vai desobedecer uma ordem direta do seu rei? ”

“Não é isso que estou dizendo, é só que parece estranho que…”

“Silêncio! ”

A Vadia parecia pensar que ela estava no controle de tudo. Eu queria muito ir até ela e dar-lhe um forte tapa no rosto.

Mas espere… Isso significava que esta vila agora pertencia ao Motoyasu? Droga! Isso também queria dizer que eu teria que seguir viagem… Novamente. O estalajadeiro tinha permitido que nós ficássemos de graça, então eu estava esperando poder ficar em Riyute a maior quantia de tempo possível.

“Ha! O que é isso? Por que você está aqui, Naofumi? ”

Ele me viu em meio a multidão e me chamou.

“Eu estava baseando as minhas operações aqui.”

“Huh? Você está me dizendo que ainda está trabalhando em um local como este? Cara, como esperado do Escudo… Sempre muito atrás de todos os outros. Você precisa entender que esta vila pertence ao Motoyasu agora, e ele não vai tolerar criminosos em suas terras. Tome o seu rumo.”

Eu realmente queria fazê-la calar a boca.

Então suponho que isso signifique que a Vadia era realmente quem estava no comando. Mas o que ela queria? Eu só conseguia imaginar…

“Em primeiro lugar: de agora em diante será instaurado um pedágio para todos aqueles que queiram sair ou entrar na vila. Sem este pedágio jamais seremos capazes de arrecadar dinheiro o bastante para pagar pela reconstrução. A taxa cobrada para entrar na vila será de cinquenta peças de prata, assim como a taxa de saída. Dessa forma será arrecadada uma peça de ouro completa.”

“Mas isso é… Com impostos neste valor, jamais seríamos capazes de sobreviver! ”

“Ah, não é tanto dinheiro assim.”

Motoyasu claramente tinha uma visão deturpada do quanto o dinheiro valia para estas pessoas.

Uma peça de ouro… Valia muito dinheiro. Para que estas pessoas vivessem em relativo conforto, elas precisavam de apenas vinte peças de bronze por dia. Se você ficasse na estalagem, uma peça de prata lhe garantiria um quarto e uma boa refeição.

Seus novos impostos valiam mais de cem dias de vida. Quem poderia comprar comida com tarifas como essa?

“Qual é o problema? Alguém tem algum problema com o nosso decreto? ”

“É claro que eles têm.”

A Vadia me encarou quando eu falei.

“Você acabou de ser apontado como governador, e sua primeira atitude é aplicar uma cobrança enorme em sua primeira visita? Pense um pouco sobre isso…”

“Sabe… Ele tem um pouco de razão, Myne. Você acha que nós poderíamos diminuir os impostos até um valor que os aldeões possam pagar? ” Motoyasu perguntou a Myne.

Quando ele terminou sua pergunta, Myne se virou para mim com uma fúria demoníaca em seus olhos. Porém essa expressão desapareceu rapidamente, e ela piscou para o Motoyasu.

“Se não aprendermos sobre perseverança juntamente com nossa dor, a vila jamais vai se recuperar desta calamidade. O governador anterior pode se considerar ‘liberado’ de seu cargo em nome da autoridade da Coroa.”

“Como você ousa! ” O governador gritou, furioso.

O restante dos aldeões também estavam gritando;

“Ei! Isso não é justo! ”

“O que você fará por nós?! ”

“… Vocês sabem o que significa se rebelar contra a Coroa? Talvez tenhamos que ensiná-los.”

A Vadia ergueu sua mão, e vários cavaleiros entraram na vila montados em seus dragões.

Eles iam começar uma luta? Tolos violentos!

Motoyasu olhava para os cavaleiros de forma impaciente, como se não gostasse de ter que se diminuir a tal nível. Mas ele era o verdadeiro criminoso aqui.

“Agora, se vocês não…”

Então, subitamente, Myne foi cercada por um grupo de homens de preto, parecidos com ninjas.

“Srta. Myne, certo? Certamente você foi informada de nossa chegada. Nós trouxemos uma mensagem para você.”

“O que é? ”

Um dos ninjas deu um passo à frente e entregou a ela uma folha de pergaminho.

Espere, seriam eles assassinos? Imagino que coisas desse tipo também existiam neste mundo.

A Vadia manteve uma expressão irritada enquanto lia o pergaminho. Então toda a cor sumiu de seu rosto.

O que era? O que aquele pergaminho dizia?

“Quem diabos são vocês? ”

“Nós fomos contratados por uma certa pessoa. Temos razões para crer que você sabe a quem nós nos referimos.”

“Mas eu…”
Apenas os responda. Agora não é hora para fingir ignorância! Eu estava prestes a gritar isso para ela, quando…

“É uma batalha! ”

A Vadia gritou de forma autoritária.

“O quê? ”

Do que ela estava falando? Que batalha? Com quem? Motoyasu também parecia não fazer ideia do que estava ocorrendo.

“Vocês devem correr contra os nossos dragões para determinar quem será o governador destas terras.”

“Mas o quê? ”

Eu não sabia o que estava escrito naquele pergaminho, mas não era possível que fosse algo tão estúpido.

“Se vocês não aceitarem, nós não renunciaremos ao poder! ”

Depois que Myne gritou, os ninjas começaram a sussurrar entre si. Parecia que eles estavam discutindo sobre o que fazer uma vez que um novo governador fosse designado.

“Muito bem, então nós usaremos o monstro mais rápido desta vila.”

“Não.”

Myne estava apontando em minha direção. Eu tinha em minhas mãos as rédeas da Filo, e a Vadia apontou para ela.

“O Herói do Escudo correrá como o representante de vocês.”

“Mas…”

Qual era o sentido de me escolher? Eu sequer era um membro da vila.

O governador olhou para mim e sorriu.

“Herói do Escudo, você poderia nos ajudar? Pelo que eu vi de ontem, o seu Filolial é muito rápido.”

“De jeito nenhum! ”

Por que eu deveria me envolver em tudo isso?

“Se você vencer, podemos lhe prometer uma recompensa apropriada.”

“E se eu perder? ”

“Nada acontecerá com você… Além disso, sua Filolial parece querer correr, não é? ”

Filo estava encarando os dragões, e seus olhos disparavam de uns para os outros em rápida sucessão. Eu tive que puxar as suas rédeas. Ela parecia capaz de atacar Motoyasu e seu grupo a qualquer momento.

“Levando em consideração a inimizade de longa data entre dragões e Filoliais, me parece natural que o seu pássaro já esteja pronto para correr contra eles. Deve ser uma boa corrida.”

Mas que incomodo… No entanto, imagino que não tenhamos nada a perder caso falharmos.

“O que você acha, Sr. Naofumi? ”

“Hm…”

Bem, eu definitivamente não queria permancer em um território que pertencesse ao Motoyasu, mas também senti que seria um desperdício sair logo após ter estabelecido uma boa relação com os habitantes. E eu também estava começando a aprender mais sobre as áreas adjacentes. Eu teria que vencer se quisesse ficar.

“Tudo bem, nós aceitamos.”

Eu subi nas costas da Filo lentamente e me situei. Então me virei para Motoyasu.

“Hahahaha! Olha esse cara, montado em sua galinha gorda! Hahahaha! ”

Os membros de seu grupo seguravam seus estômagos e riam de forma forçada.

Eu não fazia ideia do que eles estavam achando tão engraçado, mas eu não suportava ser o alvo de zombaria. Eu senti o sangue esquentar em meu pescoço.

“O que foi, Motoyasu? ”

“Ha! Quer dizer, eu achei engraçado ver você andando por aí com essa coisa. E agora você me diz que vai correr utilizando ela? Hahahaha! ”

“O que diabos isso tem de tão engraçado? ”

Eu estava montando nela errado? O que eles achavam que eu estava fazendo com um Filolial, que não fosse montá-lo?

“Ha! Você parece um tolo! Em primeiro lugar, dragões são muito mais legais do que pássaros. Em segundo lugar, olhe para essa coisa! Tem a cor rosa misturada entre suas penas – é mais do que óbvio que você comprou um pássaro barato! ”

“Eu não faço ideia de que cor você acha que ela deveria ser…”

Eu ainda não entendia o que era tão engraçado.

Eu ainda estava tentando entender quando Motoyasu caminhou até Filo, enquanto ainda apontava e ria.

“Gahh! ”

Filo ergueu-se e o chutou com força na virilha.

Eu vi. Eu vi seu rosto risonho subitamente se contorcer em uma em uma expressão de dor confusa. Seu corpo girou e ele cambaleou para longe graças a força do chute.

“Ugh…”

…Eu nunca estive tão feliz em toda a minha vida. Eu nem mesmo previ isto. A felicidade chega quando você menos espera.

“Ahhh! Oh, Sr. Motoyasu! ”

Hahaha… Aquele chute deve ter esmagado seus testículos.

Foi tão bom. Aquele simples chute compensou todo o dinheiro que eu tinha aplicado na Filo até então. Como o esperado de meu monstro. Ela estava se vingando por mim. Filo, você comerá muito bem nesta noite – eu lhe garanto isso.

“Gah! ”

“Covarde! Como você ousa atacar o Sr. Motoyasu! ”

“A corrida nem começou ainda. Além disso, se você caminhar até um monstro e rir dele, o que você acha que vai acontecer? ”

“Ugh… Seu desgraçado.”

Motoyasu titubeou até conseguir ficar em pé. Suas mãos agarravam suas virilha. O suor escorrendo por sua face tornava a sua dor evidente.

Eu acariciei a Filo.

“Então, nós vamos começar essa corrida? ”
“É claro! ”

Nós não tínhamos certeza de que ele não tentaria fazer algo suspeito, então tudo o que nós podíamos fazer era manter a cautela e acabar logo com isso.

A Vadia desamarrou um dragão da carruagem a qual ele estivera preso e Motoyasu montou em suas costas.

“A corrida consistirá em três voltas ao redor da vila! ”

Os aldeões correram para desenhar linhas no chão, demarcando o percurso.

“Boa sorte, Sr. Naofumi. E Filo? Cuide bem dele, certo? ”

“Tudo bem.”

“Gah! ”

“Eu vencerei, eu juro! ”

O governador manteve-se entre nós dois e ergueu ambas as suas mãos. Quando ele as abaixasse, a corrida teria começado.

“Preparem-se… Vão! ”

Suas mãos desceram rapidamente, e então nós partimos.

 

Nosso impulso inicial nos colocou praticamente cara a cara.

Filo corria com um ritmo bom e relaxado, sua cadência criando ritmo agradável.

Hm? Parece que, quando comparadas à montaria de Motoyasu, Filo era mais rápida.

Essa deve ser uma vitória fácil. Nós estávamos tão a frente que eu arrisquei olhar para trás.

“Qual é o seu problema?! Corra mais rápido! ”

Motoyasu gritava ordens desesperadamente para o seu dragão. O dragão, não querendo perder para a Filo, começou a se esforçar mais e correr mais depressa. Ainda assim, eles eram incapazes de nos alcançar.

Os status da Filo devem ser mais altos.

Era como comparar uma motocicleta com uma bicicleta motorizada. Nesse caso, Filo seria a motocicleta, enquanto Motoyasu estava preso com a bicicleta motorizada. Apenas com esse exemplo eu posso explicar o quão mais rápidos nós éramos.

“Gahh! ”

Filo gritou de alegria, como se quisesse demonstrar a confiança que nós tínhamos em nossa vitória. Era realmente parecido com dirigir uma motocicleta. Nós cortamos o vento, e a vila passou por nós, parecendo apenas fitas de cor em minha visão periférica. Nós terminamos a primeira volta e parecíamos estar a cinco corpos de distância de Motoyasu, ou mais.

“Droga! ”

A Vadia nos xingava, frustrada.

Hahaha. Era tão fácil – e eu me sentia tão bem.

Os aldeões se reuniram ao redor da pista para nos observar, quando aconteceu.

“Eu sou a fonte de todo o poder, ouça minhas palavras e as compreenda bem. Eu ordeno que um buraco surja diante de mim.”

“Buraco de Terra! ”

Eu estava observando os cavaleiros para garantir que eles não entrassem no percurso, quando um buraco apareceu em minha frente.

“Covardes! ”

Os cavaleiros viraram seus rostos para longe, aparentemente sem perceber que estavam sendo acusados.

Os pés de Filo pisaram em um dos lados do buraco, e então nós caímos.

“Gah? ”

“Aí está a minha oportunidade! ”
“Oportunidade? Mas que babaca! ”

Motoyasu pareceu impassível diante de meus protestos, e esporeou seu dragão em frente.

Mas…

“Eu sou a fonte de todo o poder, ouça minhas palavras e as compreenda bem. Eu ordeno que a velocidade dele seja aumentada.”
“Aumento de Velocidade! ”

Então alguém estava aplicando magia de suporte no Motoyasu. E quem quer que o estivesse fazendo também fez com que Filo caísse naquele buraco mágico! Qual era o problema do povo desse país?!

“Filo, não podemos perder para este tipo de gente. Vamos! ”

“Gaaaaah! ”

Filo se reergueu, e gorjeou como se dissesse que agora iria ficar séria. Ela começou a correr muito mais rápido do que estivera correndo antes.

Em pouco tempo estávamos correndo ao lado de Motoyasu novamente.

“O quê?! ”

Como se nós fôssemos aceitar a derrota e permitir que ele vencesse por meio de trapaças!

Filo corria como se entendesse como eu me sentia. Mesmo que a velocidade de Motoyasu tivesse sido ampliada, nós ainda fomos capazes de cobrir o espaço entre nós antes do fim da segunda volta.

Nós já estávamos no campo de visão dos aldeões novamente, e eles tentavam ver se algo tinha mudado.

“Eu sou a fonte de todo o poder, ouça minhas palavras e as compreenda bem. Eu ordeno que a velocidade dele seja diminuída! ”

“Decremento de Velocidade! ”

Subitamente, a velocidade de Filo começou a diminuir.

“O que diabos vocês estão fazendo?! ”

Os cavaleiros viraram seus rostos para longe, como se não tivessem a menor ideia do que eu estava falando.

Motoyasu nos alcançou e então nos ultrapassou.

Certamente ele sabia que as pessoas iriam perceber. Quão covarde esse cara pode ser?!

Droga… Se a situação permanecesse assim, nós perderíamos. Eu não suportava sequer pensar nisso. Devia ter algo que nós pudéssemos fazer.

“Gahh! ”

Filo devia estar furiosa também. Ela grasnou para deixar seu descontentamento mais evidente, antes de abrir suas asas e se inclinar para frente.

Ei! Ela estava correndo ainda mais rápido, mas era difícil manejá-la nas curvas. Quando nós encontrávamos uma curva, eu tinha que contorná-la por fora.

Mas eu tinha um pouco de conhecimento sobre jogos de corrida. Nos jogos de corrida de motocicletas, era possível se inclinar para o interior das curvas para aumentar sua velocidade. Eu achei que deveria tentar.

Nós alcançamos uma curva e eu desloquei o meu peso para auxiliar a Filo, então eu fiquei pendendo na direção da curva. Deve ter parecido que eu estava suspenso no estômago da Filo.

Mas funcionou. Filo foi capaz de completar a curva sem perder velocidade.

Isso! Nós estávamos começando a terceira volta e tínhamos ultrapassado Motoyasu novamente.

Agora tudo o que nós precisávamos fazer era correr até o final.

Os aldeões tinham se aproximado dos cavaleiros para garantir que não haveriam mais interrupções. Isso deveria ter facilitado a nossa vitória… Mas os cavaleiros sacaram suas espadas e os aldeões se dispersaram.

Tudo estava em caos, e eu ouvia alguém dentre os cavaleiros começando a entoar outro feitiço.

Se era assim que eles queriam brincar, eu tinha os meus próprios truques.

“Escudo de Disparo Aéreo! ”

Eles invocaram outro buraco dentro da pista de corrida, mas eu invoquei o meu escudo para que ele o cobrisse.

“Corra Filo! Vamos mostrar a estes idiotas o quão rápidos nós podemos ser! ”
“Gaaah! ”

Sim! A vitória já era praticamente nossa. Porém, em nosso caminho até a vitória…

“Filo! ”

“Gah! ”

Eu encontrei o cavaleiro que estivera invocando as magias… Eu o encarei profundamente.

“Eu… Ahn…”

De onde ele estava, eu provavelmente me assemelhava a um imperador supremo.

Filo virou suas costas para o cavaleiro trapaceiro, ergueu sua perna, e o chutou. O tolo desmaiou imediatamente.

“Gah! ”

Filo anunciou sua vitória, e nós passamos pela linha de chegada de forma vitoriosa.

 

“Eu… Eu perdi…”

“Não é justo! Ele trapaceou! Eu exijo uma revanche! ” Gritou a Vadia.

“Trapaceou? De quem você está falando? Do seu cavaleiro lançando feitiços? ”

Eu apontei para o cavaleiro inconsciente.

“O que você está insinuando? ”
“Aquele cara estava invocando todo o tipo de feitiços com o objetivo de diminuir o nosso progresso! Isso é trapacear! ”

“Espere… Ele estava? ”

Motoyasu entrou na conversa, agindo como se ele não tivesse percebido nada o tempo todo.

Como se eu fosse esquecer que ele gritou ‘Aí está a minha oportunidade! ’.

“Eu não tinha conhecimento disso. Mesmo que ele tenha trapaceado, o que isso tem a ver conosco? Nós exigimos justiça! ”

Então ela queria justiça apenas quando ELA perdia? Há! Dá um tempo.

“Não foi isso o que pareceu para mim.”

Todos os aldeões assentiram em concordância com o governador.

“Como o Herói do Escudo dizia, existem marcas na pista que só poderiam ter sido deixadas por magia. Nós expulsamos os cavaleiros do local, então as provas ainda estão lá.”

Exatamente. Eu chutei aquele cavaleiro no final do percurso para que ele não fosse capaz de encobrir o que ele havia feito. Os aldeões agora o cercavam. Se nós fossemos verificar o buraco enorme que ainda estava na pista, qualquer um saberia imediatamente quem era o culpado.

“O Herói do Escudo colocou aquelas evidências para nos incriminar! ”

“Não, ele não fez isso.”

O quê? A senhora da loja de magia surgiu do meio da multidão de aldeões. Ah é, ela havia dito que um neto seu morava aqui.

“O Herói do Escudo pode utilizar apenas magias de suporte e de restauração. A garota com ele só pode utilizar magias de luz e trevas. Logo, nenhum deles poderia ter criado estes buracos na terra.”

“Ah, ótimo. A estúpida dona da loja de magia acha que sabe de tudo agora! ”

No momento em que a Vadia gritou isso, o grupo de ninjas surgiu novamente e a cercou.

“É óbvio para nós que o Herói da Lança foi o alvo de apoio injusto. Nos acompanhe, por favor.”

Motoyasu falou de forma suave e tentou acalmar a Vadia: “Nós perdemos desta vez e, como prometido, renunciamos ao controle desta vila.”

“Certo. Então vá embora logo.”
“Eu não perderei da próxima vez.”
“Você sempre perde. Covarde.”

“Eu não sou um covarde! ”

“Herói da Lança, agora não é o momento para brigas. O mesmo para você, Herói do Escudo.”

Os ninjas reprimiram o grupo de Motoyasu, e eles partiram todos juntos.

Eles deixaram o dragão para trás.

“Nós não precisamos de um dragão que perdeu para o Escudo. Abandone-o.”

O dragão soltou um grito lamentável, e foi deixado para trás.

Coitado. Não é como se ele tivesse feito algo de errado.

Um grupo de aldeões se aproximaram para acariciar a cabeça do dragão antes de tomarem suas rédeas em suas mãos.

“Vamos mantê-lo na vila.”

“Boa ideia.”
O dragão caminhou ao lado dos aldeões, cabisbaixo.

 

“Eu venci, então me dê minha recompensa.”
“Sr. Naofumi… Simples assim? ”

“Esta vila deve muito a você, Herói do Escudo. Se eles tivessem aplicado impostos como aqueles, seria o fim para a nossa vila. Ainda assim, você poderia esperar alguns dias? Se você puder esperar, poderemos lhe providenciar alguns fundos também.”

“Vocês não precisam desse dinheiro para os reparos? ”

“Sim.”

“Então qual seria o sentido de remover dinheiro das suas arrecadações para o reparo da vila apenas para me pagar? Isso não seria bom para ninguém. Eu agradeço pela sua oferta, mas não.”

A última coisa que eu gostaria era que alguém ficasse endividado comigo. Além do mais, isso não teria melhorado a minha reputação ferida. Todos iriam acreditar que eu extorqui o dinheiro da vila.

“Então nós lhe providenciaremos algo muito interessante. Diga-me, Herói, você tem algum interesse em vendas ambulantes? ”

“Vendas ambulantes? ”

“Sim, do tipo em que você viaja de vila em vila, de uma cidade para outra, e vende suas mercadorias. Parece que você está se sustentando por meio da venda de medicamentos e materiais. Se você tiver interesse, podemos lhe ajudar com esses assuntos.”

“Huh.”

Eles estavam falando de um cargo parecido com um comerciante itinerante? Em outras palavras, ao invés de vender aos farmacêuticos, eu estaria vendendo diretamente aos consumidores…

Eu teria que pensar um pouco sobre isso. Até o momento eu estive focando na parte de produção, mas se eu fizesse o que eles estavam me sugerindo, eu entraria na parte de vendas também. Isso deve me trazer um bom lucro.

“Isso sem mencionar, Herói, o fato de que você possui uma Filolial. Ela é capaz de te carregar de um local ao outro com relativa facilidade e velocidade. Se você lhe desse uma carroça para puxar, então seus negócios se tornariam muito mais fáceis.  Se você quiser, nós poderíamos lhe providenciar uma fatura comercial de passagem.”
“Fatura comercial de passagem? ”

“Sim. Normalmente, comerciantes ambulantes precisam visitar o governador local quando entram em uma vila ou uma cidade e o pagam uma certa quantia para terem o direito de fazer negócios alí. No entanto, se você lhes apresentar a fatura comercial de passagem, com o meu selo anexado, então você não precisaria pagar esta taxa. Eu acredito que você acharia extremamente útil.”

Eu precisava refletir. Essa cidade agrícola ficava muito próxima do Reino de Melromarc, e também situava-se convenientemente próxima das rotas de comércio. Ser o governador de tal local implicava certo nível de autoridade e dignidade. Os aldeões estavam cientes do fato de que sua vila havia sido salva durante a onda devido aos meus esforços. Eles devem ter ouvido sobre a minha reputação problemática, e sobre o que o rei estava fazendo comigo, usando todos os métodos possíveis para reprimir minha liberdade. Logo, eles também sabiam que minha reputação dificultaria possívei negócios no futuro, e estavam oferecendo a sua cooperação.

“Eu acredito que isto vai lhe ajudar a orientar seus negócios apesar de sua reputação desagradável. Nós gostaríamos de remover obstáculos de seu caminho, e nós achamos que isto tornaria a sua vida mais fácil.”

Eles estavam me aceitando e sendo gentis. Eu senti a mais sincera gratidão.

“Obrigado. Eu aceito a sua bondosa oferta.”

Na verdade era uma recompensa maravilhosa, e deve facilitar a tarefa de acumular uma quantia decente de dinheiro. Eles até mesmo se ofereceram para construir uma carruagem para a Filo.

Ótimo… Isso definitivamente seria melhor do que empurrar um carrinho de mão.

“Bem, de qualquer forma, vamos voltar aos reparos, certo? ”

“Sim.”

Os aldeões assentiram juntamente com a Raphtalia. Nós todos voltamos aos nossos próprios projetos.

“Gah! ”
Filo estava extremamente animada para ter sua própria carruagem.

“Ótimo. Vamos para a floresta! ”

“Certo! ”
“Gah! ”

Eu apontei para a direção na qual eu queria ir, e Filo gorjeou animadamente e começou a puxar a carruagem.

Ah… Era tão pacífico, tão agradável.

Subitamente, Filo começou a puxar cada vez mais e mais rápido e logo estávamos voando pela estrada.

“Você está indo rápido demais! Diminua a velocidade! ”

“Acho que não estou me sentindo muito bem.”

Raphtalia estava deitada nos fundos da carruagem, enjoada. Suponho que ela fique enjoada com facilidade.

“Você está bem? ”

“Sim… Mas… Tente não balançar tanto a carruagem.”
“Então você fica enjoada facilmente, huh? ”
“Acho que sim. Você está bem, Sr. Naofumi? ”
“Eu nunca fiquei enjoado.”

Não era apenas o álcool que não me afetava. Eu nunca havia ficado enjoado em carros nem sequer no mar também.

Falando novamente sobre o ensino fundamental, uma vez nós pegamos um ônibus para ir em uma viagem de campo. Eu estava lendo alguns mangás e light novels que eu havia trazido em minha mala quando a pessoa ao meu lado começou a reclamar, dizendo sentir-se enjoada, e nós tivemos que trocar de bancos. Além disso, eu lembro que toda vez que nós íamos visitar o restante da nossa família, era necessário irmos de barco. Todos da minha família ficavam enjoados, mas eu não. Eu lembro de ficar jogando em meu celular o tempo todo.

“Tenha certeza de relaxar. Filo e eu garantimos que nós chegaremos até o nosso destino.”

“Obrigado. Eu vou aceitar essa oferta…”

“Gaah! ”
“Você poderia ir um pouco mais devagar? ”

Filo continuou correndo, radiante, como se não pudesse ouvir a Raphtalia.

 

Mais tarde, Raphtalia vomitava em um dos lados da estrada. No momento em que chegamos na floresta, ela já tinha feito todo o possível para suprimir sua náusea.

“Ugh… Ugh…”
O rosto pálido de Raphtalia fazia com que eu me sentisse mal. Talvez eu devesse ter diminuído a velocidade da carruagem um pouco mais.

“Me desculpe.”

“Gah…”

Filo também parecia desalentada, como que se sentindo culpada.

“Eu… Eu estou bem.”

“Você não parece bem. Vamos encontrar um local para que você possa descansar.”
“Olá, Herói do Escudo.”

Havia uma pequena casa próxima da floresta, e um aldeão com aparência de lenhador saiu de dentro dela.

“Olá. Os aldeões me pediram para vir buscar um pouco de madeira aqui.”

“Ahn… A sua amiga está bem? ”

“Eu acho que… Não sei, provavelmente não. Eu gostaria que ela descansasse um pouco. Você conhece algum lugar bom? ”

“Há um lugar em minha casa em que ela poderia descansar por um tempo.”

O lenhador nos guiou até a sua casa, e eu permiti que Raphtalia se apoiasse em meus ombros no caminho. Uma vez lá dentro, nós a deitamos em uma cama.

“Vamos encontrar alguns inimigos simplórios o bastante para que Filo possa acabar com eles nesta área. Depois disso nós vamos levar a carga para a vila.”

Raphtalia aparentemente ficou enjoada com facilidade, então teríamos que diminuir a velocidade no caminho de volta.

“Faça-me o favor de carregar a carruagem com a madeira. Nós estaremos de volta daqui a pouco.”

“Tudo bem.”

Eu desengatei a Filo da carruagem, e ela olhou primeiro para a casa, e então para mim.

“Vamos! ”

“Gah! ”

Levando em consideração o quanto ela feriu o Motoyasu, eu estava esperando uma luta impressionante ao seu lado.

Nós caminhamos pela floresta.

Uma vez que estávamos embaixo das árvores, eu me surpreendi com a quantidade escassa de monstros que nós encontramos. Filo e eu simplesmente caminhamos através da floresta silenciosa.

As pessoas sempre falam sobre o quanto o silêncio da floresta é sereno e relaxante, mas eu nunca havia entendido o significado disso até agora.

Isso me relembra de que, desde que eu cheguei neste mundo, eu nunca tive a oportunidade de meramente andar por aí e aproveitar a paisagem.

Eu me sentia tão tranquilo agora. Devia ter sido graças à expressão no rosto de Motoyasu depois do impacto do chute de Filo.

Não, não era isso.

Era porque Raphtalia acreditava em mim.

E agora ela estava naquela casa, enjoada graças ao percurso da carruagem.

Eu me sentia… Solitário.

Parando para pensar, nós só estávamos juntos a duas ou três semanas. Mas ainda assim, parecia tão natural. Na época ela era apenas uma criança, e parecia que uma eternidade havia se passado desde que ela se tornou a mulher que ela é agora.

Eu havia decidido tomar para mim uma função paternal… Mas o que exatamente eu deveria fazer? E as ondas ainda estavam vindo.

Nós ainda tínhamos pouco mais de um mês antes que a próxima onda chegasse… E ainda assim…

“Se pelo menos houvesse algum tipo de remédio para enjoo…”

Comentarios em TNY: Volume 2 Capítulo 5

Categorias