iLivro

Cenoura e Graveto

 

“Negociante de escravos! ”

A primeira coisa que fizemos de manhã foi ir até a tenda do negociante de escravos.

“Qual é o problema, Herói? Por que está aqui tão cedo? ”

“O selo para monstros que você aplicou na minha Filolial não funcionou. É uma porcaria. Dependendo da forma com que você reaja às minhas reclamações, minha escrava e o meu monstro vão acabar com esse lugar. Entendeu? ”

“Eu estou com fome, então vou voltar mais tarde.” Disse Filo.

“Se você não se comportar, vamos fazer o café da manhã usando VOCÊ como ingrediente.”

O selo que fora aplicado na Filo não estava funcionando como o desejado. A opção de fazê-la obedecer não poderia sequer ser escolhida.

“É mesmo? Conte-me mais sobre.”

Eu expliquei os eventos daquela manhã para o negociante de escravos. Foi uma situação realmente complicada. Eventualmente eu consegui acalmar a Filo e a convenci a retornar a sua forma humana, e então nós partimos para a tenda. Raphtalia estava claramente inquieta,  preocupada que Filo fizesse alguma loucura.

“Parece que um selo para monstros comuns não é poderoso o bastante para controlar a Rainha Filolial, sim senhor.”

“O que isso significa? ”

“Monstros muito poderosos nem sempre podem ser contidos por selos comuns. Os Dragões de Cavaleiro, por exemplo, necessitam de um selo especial.”

“Então um selo comum não é o bastante para controlar a Filo? ”

“Correto.”

O negociante de escravos abriu uma caderneta e começou a rabiscar algo freneticamente, como se não pudesse suportar a ideia de que estes acontecimentos não fossem registrados.

“Então, vocês vão aplicar o selo especial para mim? ”

“Infelizmente nós não oferecemos esse tipo de serviço gratuitamente aqui.”

“O que disse? ”

“Bem, é um processo custoso, então somos incapazes de oferecê-lo sem exigir algum tipo de compensação. Há um limite para o que nós podemos oferecer de graça, sim senhor.“

Então ele não o faria sem um custo.

“Quanto? ”

“Com todas as expectativas que eu tenho para você no futuro, Herói, vou lhe oferecer um bom negócio: duzentas peças de prata.”

Ugh… Isso seria bem caro.

“Não tem nada que…”

“Antes que você continue, eu devo lhe alertar de que o preço típico para este tipo de serviço no mercado é de oitocentas peças de prata. Eu tenho muito respeito por você, Herói, então eu jamais mentiria.”

Ugh! Ele atingiu meu ponto fraco.

Eu me recuperei do choque e, ainda extremamente receoso, entreguei ao negociante de escravos duzentas peças de prata.

“Se você estiver mentindo, eu permitirei que minhas amigas aqui lhe rasguem em pedaços.”

“Naturalmente, sim senhor.”

Subitamente eu percebi que Filo havia retornado a sua forma de Rainha Filolial. Raphtalia segurava uma de suas asas como se fosse uma mão enquanto a encaminhava para dentro da sala.

“Apenas fique parada aqui por alguns instantes, certo Filo? ”

“Por quê? ”

“Se você permanecer aqui, eu lhe darei um presente depois.”

“Verdade? ”

“Verdade.”

Filo pareceu entusiasmada, e então caminhou até o local que o negociante de escravos havia indicado e lá permaneceu, em silêncio.

Muito bem, se havia uma boa hora para a magia, esse momento era agora. Eu sinalizei para que o negociante de escravos começasse, e ele assentiu rapidamente. Doze homens vestidos com túnicas surgiram repentinamente e formaram um círculo ao redor de Filo. Eles então despejaram um jarro com algum tipo de medicamento no chão, se virando para a Filo logo em seguida em começando a entoar um cântico. O chão começou a brilhar, e um quadrado mágico surgiu.

“O… O quê?! ”

Filo estalou seu bico como reclamação, mas ela foi incapaz de resistir, e o quadrado se estendeu até cobri-la.

“Ow! Pare com isso! ”

O selo para controlar monstros parecia estar a ferindo, e ela correu em círculos enquanto estalava seu bico. O quadrado mágico começou a tremer.

Os homens em túnicas todos arfaram, surpresos.

“Nós utilizamos todas as precauções possíveis, juntando todas as pessoas que nós temos. Eu nunca vi um monstro ser capaz de se mover sob tanto poder antes. Quem sabe do que ela realmente é capaz.”

Isso me lembra de que ela ainda está no nível dezenove. Imagine o quão poderosa ela se tornaria ao alcançar o nível setenta ou coisa parecida. As palavras do negociante de escravos carregavam consigo grande peso.

Finalmente, quando a magia de proteção retrocedeu e o símbolo do selo dos monstros foi marcado em seu peito, ela se aquietou.

“Acabou, sim senhor.”

Eu era capaz de ver o ícone de monstro brilhando em minha visão periférica, mas o ícone estava diferente, como se para inferir um maior grau de controle. Eu nem precisei pensar antes de marcar a opção que indicava que ela deveria acatar a todas as minhas ordens.

Filo estava quase completamente sem fôlego quando me alcançou.

“Mestre! Isso doeu muito! ”

Eu me senti um pouco culpado por testar as novas funções tão cedo, mas imediatamente lhe dei uma ordem.

“Assuma sua forma humana.”

“Eu não quero! Me dê algo delicioso! ”

Ela recusou minha ordem e ordenou que eu lhe desse algo para comer, então a maldição em seu peito começou a brilhar.

“O que? Não! Eu não gosto disso! Faça parar! ”

Filo liberou algum tipo de magia em direção a maldição, mas dessa vez sua magia foi incapaz de salvá-la e a maldição em si começou a reagir.

“Ouch! Ouch! ”

A dor fez com que Filo caísse ao chão.

“Enquanto você não fizer o que eu digo, a dor só vai piorar.”

Ela reclamou o tempo todo, mas finalmente se transformou em uma humana. Uma vez que ela o fez, a maldição parou de brilhar e desapareceu.

“Heh! Pelo menos funcionou desta vez. Bom trabalho, comerciante de escravos.”

“Sim, bem, essa é uma magia muito poderosa. Não é fácil quebrá-la, sim senhor.”

Eu caminhei até Filo, que estava deitada no chão.

“Me custou cem peças de prata para te comprar, e agora mais duzentas peças de prata para te controlar. Ou seja, trezentas peças de prata. Você vai me retornar todo esse dinheiro.”

“Mas… Mestre! ”

Ela estava estendendo sua mão em minha direção. Eu me sentia horrível por ter que falar desta forma com uma criança. Mas mesmo assim, eu não seria capaz de avançar se minha equipe não aceitasse as minhas ordens.

“Faça o que eu disser.”

“Não! ”

“Você não quer me obedecer? Tudo bem então. Nesse caso, eu lhe entregarei para aquele homem assustador alí. É isso o que você quer? ”

“…?! ”

Filo finalmente pareceu entender o seu lugar e parou de reclamar. Seu rosto estava retorcido por todas as emoções.

O negociante de escravos me observava. Ele parecia um pouco angustiado, mas também muito feliz.

“Quanto você pagaria por ela? ”

“Boa pergunta. Ela é muito rara, mas levando em consideração o quão problemática ela pode ser eu acho que trinta peças de ouro seria justo. Agora que a maldição mais poderosa está sobre ela seria muito mais fácil controlá-la, e certamente não são poucas as tarefas que ela poderia realizar, sim senhor.”

Aquele maldito comerciante de escravos. Depois de tudo o que ele disse sobre não a querer e sobre ser incapaz de vendê-la – lá estava ele, já com um preço em mente! Eu não sabia o que ele estava planejando, mas tive o pressentimento de que se eu entregasse a Filo a ele seria o fim para ela.

E quanto a Filo, bem, ela estava me olhando, um horror odioso cobrindo seus olhos.

Isso não era bom. Eu pensei que toda a bondade de meu coração tivesse desaparecido, mas ainda assim lá estava ela, querendo ressurgir. Se ela realmente voltaria ou não dependeria da forma com que a Filo agisse.

Eu não era o seu ‘amável irmão mais velho’– e eu também não era o tipo de cara que ficaria idolatrando um animal de estimação.

“Então é isso. Se você continuar com essa petulância, voltaremos correndo para cá, entendeu? ”

“Não! Nããããão! ”

Filo estava praticamente gritando.

“Mestre! Não me odeie! Não me odeie! ”

Ela se arrastou até mim e agarrou minhas pernas enquanto gritava.

Ugh! Que situação miserável…

“Se você atender às minhas ordens, eu não lhe odiarei. Mas você precisa me ouvir.”

“T… Tudo bem.”

“Certo, muito bom. Então, quando estivermos dormindo na estalagem, você não pode se transformar em um pássaro. Você precisa prometer.”

“Certo! ”

Ela olhou para mim, sua expressão radiante. Isso tudo estava realmente pesando em minha consciência.

Quando eu me virei para longe de seu rosto suplicante eu percebi que o negociante de escravos exibia o sorriso mais jubilante que eu tinha visto nele.

“Estou sentindo arrepios em minha espinha graças à esta exibição de atos tão diabólicos. Você realmente é o Lendário Herói do Escudo.”

Eu não gostava das características que ele decidira elogiar, mas suponho que eu não deveria reclamar.

“Sr. Naofumi… Você não acha que já é o bastante? ”

“Se eu não fizer isso, ela não me obedecerá. Foi o mesmo com você, não foi? ”

Raphtalia assentiu.

“Você tem razão. Foi assim.”

“Existem ocasiões em que podemos permitir que ela satisfaça seus desejos, assim como ocasiões em que isso é impossível.”

Eu não mencionei o fato de que eu me considerava o juiz diante de tais situações.

“Ah sim, cenouras e gravetos! Cenouras e gravetos, sim senhor![1]

“Eu não falei com você, comerciante de escravos.”

Eu gostaria que ele não fosse tão presunçoso.

“Sinto muito por todos os problemas.”

“Se você realmente sente muito, então como compensação talvez você devesse me mostrar como você criou uma Rain-”

“De qualquer forma, nós temos um local para visitar hoje, então vamos partir agora.”

“Ah, sim. Mais uma vez eu fico impressionado com a sua capacidade de não ser engolido pelo meu próprio ritmo… Sim, sua força de vontade é realmente impressionante Herói. Sim senhor.”

Esse foi o fim de nossa conversa, e então nós saímos da tenda.

 

[1]N/T:‘Cenoura e Graveto’, as vezes traduzido como ‘Cenoura e Vara’ é uma metáfora, representando um sistema em que são oferecidas uma punição e uma recompensa com o objetivo de induzir um individuo a adquirir os comportamentos desejados. A expressão nasceu da ideia de um cocheiro balançar uma cenoura em frente aos seus cavalos para fazê-los andarem mais depressa, ao mesmo tempo em que os atinge nas costas com um graveto.

Comentarios em TNY: Volume 2 Capítulo 8

Categorias