Tutorial 4º Andar (Parte 1)

[Eu pensei que ia morrer!  Eu estava realmente prestes a morrer!]

[Não lhe disse para não cair?  Então, por que você foi e fez exatamente o oposto?]

[Como você não caiu!]

[Eu não caí!]

[Faipfebsdbs; bsd]

[O suficiente. Os resultados do 4º andar nos dirão exatamente.]

[Nos dirão o quê?]

[Até onde você pode subir nesse lugar]


[Rodada 2, Dia 29. 8:30]

Foi ideal para me concentrar Esses últimos dias no meu crescimento e treinamento.
Graças a isso, acostumei-me a usar o Lampejo.
Ainda era difícil de usar como um ataque, mas adequado para o fechamento de uma lacuna chegando mais perto ou fugindo.

Usando a habilidade Asas de Talaria livremente, no entanto, ainda era problemático.
Pelo menos eu consegui voar no céu usando a habilidade Delizar em vez de ter que bater essas asas constantemente para voar.
Mais uma coisa a notar foi que nenhuma das minhas habilidades de resistência melhorou.
Parece que seus níveis se tornaram muito altos para a moagem na sala de espera para ter um efeito.

E, com apenas um curto período de tempo deixado para a 2ª rodada terminar, pensei em desafiar o 4º andar para testar as novas habilidades – Lampejo e Asas de Talaria.

Concluir o andar seria difícil considerando o tempo, então seria principalmente o reconhecimento da área inicial.

[Você entrará no 4º andar?]

Yeap.

Uma luz brilhante cercou meu corpo, com um eco familiar do portal.

[Bem-vindo ao Estágio do Tutorial, 4º Andar, Dificuldade Inferno]

Eu rapidamente examinei a área enquanto entrava no andar.
Tinha o habitual corredor de pedra polido.
A única diferença era que, o corredor havia ficado muito mais largo.

Tinha cerca de 10m de largura.
Quanto a altura … esqueça.
Estava muito escuro, e não havia um único objeto que eu pudesse usar para estimar a altura.
Apenas olhar não era suficiente para dar uma medida precisa.
Imaginei que era provavelmente o mesmo que o teto do aeroporto de Inchon.

De qualquer forma, o fato de o corredor ter se tornado maior foi oportuno para mim.
Boa sorte para Ho Jae. Hahaha (Nota: originalmente é pronunciado Ho Jae (que significa boa sorte) para Ho Jae. Esse é um trocadilho ruim)

Começo a retirar os equipamentos do Inventário que comprei com o conselho de Kirikiri.
Eu usei uma nova armadura de peitoral de couro em vez da velha que eu estava usando.
Era uma armadura de couro brilhante e preta; Eu não tinha nenhuma pista sobre a origem do couro.
Depois, usei um par de calças de couro, botas, luvas e um cinto.
Todos foram tingidos de preto fazendo um conjunto.

Tinha sido bastante caro comprar todos os equipamentos de couro preto, pois eram incomuns.
Se não fosse pelos deuses e seus pontos extras, fazer um conjunto teria sido difícil.

Claro, não havia bônus por comprá-los na mesma cor.
Pareciam legais.

No cinto havia um punhal de arremesso, conforme recomendado por Kirikiri.
Sua eficácia cairá a meio alcance, mas seria útil para criar uma abertura …
Eu ainda poderia usá-lo como uma armadilha no caso de eu perder minha espada.

Eu poderia adivinhar o que o tema do 4º andar era baseado no conselho de Kirikiri por trazer uma arma de arremesso.
Isso significava que provavelmente havia um alvo que eu deveria derrotar de longe.

Dessa vez, talvez eu precise lutar contra monstros em combate em vez de usar as armadilhas machinadas habituais.

Com base na informação da Comunidade,
no modo da dificuldade Fácil, o primeiro monstro era um homem cogumelo de pé.
No modo Normal, um goblin.
Informações sobre o tipo de monstro no modo Difícil ainda estavam por vir.

[Kuwaaaaaaa]

Eu ouvi um grito de guerra afiado de mais adiante.
Acho que um monstro estava saindo.

À medida que a tensão estava aumentando, eu segurei firmemente minha espada e escudo e verifiquei meu equipamento novamente.
Com tudo no lugar, eu caminhei para onde o grito de guerra tinha vindo.

Era um típico monstro de pele verde que você veria em desenhos animados ou novels.
Sua pele era um verde incomum.
Seu corpo era amontoado com músculos, comparável ao de um medalhista de ouro de luta olímpica.
Presas gigantes.
Olhos vermelhos.
Altura de 2m.

Por que esse cara foi meu primeiro oponente?

P**ra, eu poderia realmente dizer como o Inferno era diferente dos outros modos de dificuldade apenas olhando o monstro em vez das armadilhas.

O goblin da dificuldade normal era baixo – cerca de 100 cm de altura.
Ele também estava desarmado.
A dica era usar a arma de longo alcance e lutar de longe.

Mas o monstro na minha frente estava totalmente equipado.
Em aço.

Ele parecia menos como um monstro e mais como um cavaleiro medieval.
Seu capacete, armadura de peitoral e botas eram todos feitos de aço sólido.
Somente seus braços e coxas foram expostos.

Na mão dele havia um machado gigante.
Não consegui imaginar o quanto isso pesaria.
Era um machado perverso, um que eu provavelmente não poderia levantar mesmo com duas mãos, muito menos balançar.
E ele estava segurando com uma mão.
Pelo menos o cabo do machado era curto.
Teria sido uma situação terrível se ele tivesse uma longa arma junto com braços longos.

Haah, o que fazer?
O monstro estava no mesmo lugar, olhando, como se ele estivesse me provocando para atacar.
Eu deveria avançar para ele?

Eu vislumbrei o gládio na minha mão direita.
Era muito curto.

Essa espada tinha feito seu papel suficientemente bem até agora.
Principalmente para danos pessoais.
Mas, nesse momento, desejei ter escolhido uma arma longa como uma lança em vez de uma arma tão curta.
Mesmo uma espada longa teria sido muito melhor.

O que diabos eu faço agora?

Pensemos positivamente.
Kirikiri não me aconselhou a trocar minha arma.
Em vez disso, o que recomendou era usar armadura e ter uma arma de longo alcance.
Isso significava que essa arma era suficiente para eu vencer esse monstro.

Um escudo redondo de madeira e um gládio.

Para lidar com a diferença de alcance, eu teria que saltar em direção ao monstro para se aproximar como um lutador.
Eu?
Contra ele?

Diminuir a distância não foi difícil graças a Lampejo.
O problema foi depois.

Hm, vamos tentar bloquear seu ataque por enquanto.
Minha principal arma era o escudo, não a espada.
Eu bloquearei e estudarei seus ataques, e eu atacarei sempre que houver uma abertura, ferindo-o lentamente para a vitória.
Um plano de jogo perfeito, em teoria.

Avancei lentamente, encorajando-me a cada passo.
Então, de repente, o monstro atacou enquanto gritava.
[Concentração de Batalha]

Em vez de me retirar, arrisquei-me e ataquei o pescoço do monstro.
Antes que a espada conseguisse atingir seu alvo, o monstro balançou o braço esquerdo.
[Lampejo]

Eu usei a habilidade Lampejo para se mover para trás e criar distância.
Eu tinha saltado de forma tão agressiva porque eu tenho Lampejo.

O monstro nem sequer se surpreendeu com o meu Lampejo e começou a diminuir a distância sem qualquer hesitação.

O monstro balançou o machado, fazendo um som ameaçador.
Com o impulso que teve, um bloqueio ruim poderia resultar na perda do meu braço e muito menos do escudo.

Clash

, de alguma forma, consegui desviar o ataque.
Parecia que o escudo ia quebrar, mas ainda era bastante bom.

Uma dor se espalhou do meu pulso para o ombro.
Eu segurei minha espada no aperto reverso e golpeei o pescoço do monstro.
Embora fosse apontado para o pescoço,
fosse por altura ou porque acabei de errar, o golpe ao invés de pousar no pescoço pousou no ombro.

E,
a espada não saia.

Bang!

Consegui bloquear o punho do braço esquerdo do monstro, mas o escudo me atingiu no rosto.

Eu desisti da espada e usei a habilidade Lampejo para ir para trás e fazer uma lacuna novamente.
P**ra, foi possível que uma espada estivesse presa em músculos puros assim?

O monstro não pareceu incomodado pela espada em seu ombro e continuou atacando.
Eu consegui novamente em desviar seu machado com meu escudo.

O monstro deu um passo à frente e começou a balançar seu machado do mesmo modo que antes.
Então, de repente ele mudou de movimento, baixando a posição e atacando com seu ombro.
Embora eu estivesse observando ele fazer isso, não consegui responder ao seu movimento.

Quando eu estava formando a minha posição para desviar o golpe vindo acima de mim, ele me atacou de baixo, me jogando no ar, apesar de ter conseguido bloqueá-lo.

Eu usei minha habilidade Lampejo para se mover para trás mais uma vez.
Para alguém que tinha tal vantagem de alcance e altura para se esgueirar para lutar assim …

A dor forte surgiu do meu estômago, juntamente com seu conteúdo e sangue.

Quando tentei me recuperar, olhei para o monstro,
ele bufou e olhou para mim com um olhar arrogante, então ele fez um gesto com a mão, me pedindo para atacar primeiro.

Ah, é assim.
Ele estava brincando comigo o tempo todo.

Não pensei que haveria tanta lacuna em nossas habilidades.

Vamos pensar sobre isso.

Eu estava acima dele em termos de velocidade.
Mesmo excluindo a habilidade Lampejo, eu ainda era muito mais rápido.
Mas para isso ter acabado assim, foi definitivamente devido à diferença de habilidades.
Mesmo em termos de força, não havia tanta diferença.

Eu poderia dizer isso com certeza, já que o experimentei mesmo durante as sessões de auto-ferimento.
Era apenas a diferença em armas e minha falta de proficiência com minha arma.

Parecia que ele não estava ativamente tentando me matar fazendo o primeiro movimento.
Ele estava agindo como se estivesse brincando, não, ensinando um novo recruta como instrutor experiente.
No entanto, ele era um guardião que tinha o papel de impedir que eu passasse por ele.

Devo fugir?
Meu braço esquerdo que estava bloqueando até agora não era normal.
O impacto do ataque ainda estava lá também.
Se eu usei minha habilidade Lampejo, não, mesmo sem ela, eu poderia chegar à sala de espera.

Eu poderia melhorar minha habilidade desafiando repetidamente ele repetidas vezes.
Talvez eu tenha sido destruído por ele agora, mas essa situação não durará para sempre. Tenho certeza.
Se eu sobreviver e se curar na Sala de Espera, sempre tentaria novamente em outro momento.

Meus pensamentos eram claros, mas minhas pernas não se moviam.

Isso feriu muito o meu orgulhoso para se retirar agora.
Não, estou com raiva nesse momento.

Controlei minha respiração e abaixei minha posição.
Eu coloquei meu braço esquerdo enfraquecido perto do meu corpo e formei uma guarda.

O monstro me olhou com interesse, antes de fazer uma postura com o machado na frente, percebendo que eu estava fazendo algo.

Essa não foi a postura que você precisa.
Você não estava superestimando seus braços longos ali.

Eu deixei meu corpo tenso e usei Lampejo.

Em frente.
Não na frente do monstro, mas além de onde ele estava de pé.

Esse foi o meu ataque especial – Talha.
Bang!

Com um ruído semelhante a uma bola de canhão atingindo uma parede, perdi minha consciência.

Auaah.
Acho que acertei minha cabeça novamente.

P**ra, onde é isso.
Eu não podia ver nada.

Parecia que estava tendo uma ressaca.
O mundo girava ao meu redor.

Tentei forçar meus braços e pernas a se moverem, mas não se moveram como eu queria.
Logo percebi que estava no chão.
Apesar do meu esforço, não era fácil se sentar.

Algum tempo se passou até que minha visão lentamente voltou para mim.
Entre a visão ainda tremendo, eu podia ver o monstro.

Ele também estava deitado no chão, incapaz de mover os braços e as pernas.
Mas, seus olhos vermelhos estavam olhando diretamente para mim.

Era como se ambos os lados tivessem sido atingidos por um soco de K.O em uma luta.
Quem ficasse de pé primeiro ganharia.

Apertei os dentes, tentando me erguer, mas acabei caindo em vez disso.
[Concentração de Batalha]

Com o processo de pensamento acelerado, verifiquei o estado dos meus músculos um a um.
Nenhum deles parecia bem.
Meu braço esquerdo, que era o centro do impacto, estava além de recuperável.

Não nos apressemos aqui.
Esse monstro não pode suportar também.

Se eu caísse por causa da pressa, demoraria muito mais para levantar novamente.
Vamos ficar calmos e lentos.

Eu puxei meus quadris para trás, fazendo a postura do gato da ioga.
Eu apoiei o peso com meu braço direito e meus joelhos.

Posso aguentar a partir daqui?
Tentando suportar a tontura enquanto forçando meus membros a se moverem era difícil.
Não foi tanta dor, mas um problema de concentração.

UUh, Uaaaah!

Eu estava parado agora. Bastardo.
Eu quase caí de novo, mas consegui pelo menos me levantar cambaleando usando meu braço direito.

Minha cabeça ainda estava girando, e minha visão estava tremendo.
O corpo estava em constante convulsão.
Eu podia sentir um sentimento incomodo batendo no céu da minha boca.

Você sabia?
Eu estava acostumado com essa situação.
Eu tive muita experiência com essa situação.

“Esse foi o poder da resistência a dor e a atordoamento. Seu filha da p**a!!”

Gritar desnecessariamente fez com que meus olhos rolassem novamente.
Merda.

Você está fodido,
no momento em que meu equilíbrio se recuperar, então eu poderei andar.

Coloquei minha mão nos meus joelhos e olhei para o monstro que ainda balançou os braços e as pernas com a espada presa em seu ombro.


Eu acabei vomitando no corpo do monstro.
Forçar-me a se mover e tentar balançar uma espada para matar o monstro tornou a situação muito pior.
Uma vez que a pele e os músculos desse monstro eram muito mais grossos do que eu pensava, tive que golpear repetidamente por um longo tempo antes de poder matá-lo.

Havia sangue em todo o entorno e no meu corpo.
Normalmente teria sido meu sangue, mas dessa vez era de outra pessoa.
Se eu poderia chamar esse monstro de uma pessoa, deixaremos isso para mais tarde.

Eu não conseguia nem matar um rato ou um inseto de volta nos dias,
mas agora eu consegui matar um ser vivo, mesmo que fosse um monstro – por esfaquear várias vezes como um assassino perturbado.

Mas, eu não senti nada.
Foi porque minha mente mudou à medida que meu corpo se tornou cada vez mais desumano?
Ou perdi algo dentro de mim?
Teria me acostumado com a morte e o sangue?

Eu nunca descobriria o motivo.

Eu colapsei no chão, apenas mal sentado.
Usar uma poção nesse lugar pareceu desnecessário, então eu decidi descansar e me mover mais tarde.

Quando estava prestes a descansar, o corpo do monstro se tornou transparente, e eventualmente desapareceu.
No lugar do cadáver havia uma pedra.

O que é isso?
Um drop?

[Pedra de Nascimento do Goblin Graktus]
Descrição: Uma pedra dada ao instrutor mais mau da Tribo Olho de Sangue, Graktus, pelo xamã da tribo no nascimento. Você pode vender isso na loja.

Como assim.
Esse enorme monstro agora era um goblin?

Comentarios em Tutorial: Capítulo 35



15

Índice×

  1. 1
    Prólogo
  2. 2
    Tutorial 60º Andar (Parte 1)
  3. 3
    Tutorial 60º Andar (Parte 2)
  4. 4
    Tutorial 1º Andar, Sala de Espera (Parte 1)
  5. 5
    Tutorial 1º Andar, Sala de Espera (Parte 2)
  6. 6
    Tutorial 1º Andar, Sala de Espera (Parte 3)
  7. 7
    Tutorial 1º Andar, Sala de Espera (Parte 4)
  8. 8
    Tutorial 1º Andar (Parte 1)
  9. 9
    Tutorial 1º Andar (Parte 2)
  10. 10
    Tutorial 1º Andar (Parte 3)
  11. 11
    Tutorial 1º Andar (Parte 4)
  12. 12
    Tutorial 1º Andar (Parte 5)
  13. 13
    Tutorial 1º Andar (Parte 6)
  14. 14
    Tutorial 1º Andar (Parte 7)
  15. 15
    Tutorial 1º Andar (Parte 8)
  16. 16
    Tutorial 60º Andar (Parte 3)
  17. 17
    Tutorial 2º Andar, Sala de Espera (Parte 1)
  18. 18
    Tutorial 2º Andar, Sala de Espera (Parte 2)
  19. 19
    Tutorial 2º Andar, Sala de Espera (Parte 3)
  20. 20
    Tutorial 2º Andar (Parte 1)
  21. 21
    Tutorial 2º Andar (Parte 2)
  22. 22
    Tutorial 2º Andar (Parte 3)
  23. 23
    Tutorial 2º Andar (Parte 4)
  24. 24
    Tutorial 2º Andar (Parte 5)
  25. 25
    Tutorial 2º Andar (Parte 6)
  26. 26
    Tutorial 2º Andar (Parte 7)
  27. 27
    Tutorial 2º Andar (Parte 8)
  28. 28
    Tutorial 2º Andar (Parte 9)
  29. 29
    Tutorial 2º Andar (Parte 10)
  30. 30
    Tutorial 3º Andar (Parte 1)
  31. 31
    Tutorial 3º Andar (Parte 2)
  32. 32
    Tutorial 3º Andar (Parte 3)
  33. 33
    Tutorial 4º Andar, Sala de Espera
  34. 34
    Tutorial 60º Andar (Parte 4)
  35. 35
    Tutorial 4º Andar (Parte 1)
  36. 36
    Tutorial 4º Andar (Parte 2)
  37. 37
    Tutorial 4º Andar (Parte 3)
  38. 38
    Tutorial 4º Andar (Parte 4)
  39. 39
    Tutorial 4º Andar (Parte 5)
  40. 40
    Tutorial 4º Andar (Parte 6)
  41. 41
    Tutorial 4º Andar (Parte 7)
  42. 42
    Tutorial 5º Andar (Parte 1)
  43. 43
    O Dia da Grande Harmonia (Parte 1)
  44. 44
    O Dia da Grande Harmonia (Parte 2)
  45. 45
    O Dia da Grande Harmonia (Parte 3)
  46. 46
    Tutorial 5º Andar (Parte 2)
  47. 47
    Tutorial 5º Andar (Parte 3)
  48. 48
    Tutorial 5º Andar (Parte 4)
  49. 49
    Tutorial 6º Andar (Parte 1)
  50. 50
    Tutorial 60º Andar (Parte 5)
  51. 51
    Tutorial 6º Andar (Parte 2)
  52. 52
    Tutorial 6º Andar (História Secundária)
  53. 53
    Tutorial 6º Andar (Parte 3)
  54. 54
    Tutorial 60º Andar (Parte 6)
  55. 55
    Tutorial 61º Andar (Parte 1)
  56. 56
    Tutorial 11º Andar (Parte 1)
  57. 57
    Tutorial 11º Andar (Parte 2)
  58. 58
    Tutorial 12º Andar (Parte 1)
  59. 59
    Tutorial 12º Andar (Parte 2)
  60. 60
    Tutorial 12º Andar (Parte 3)
  61. 61
    Tutorial 12º Andar (Parte 4)
  62. 62
    Tutorial 12º Andar (Parte 5)
  63. 63
    Tutorial 12º Andar (Parte 4)
  64. 64
    O Dia da Grande Harmonia (Parte 4)
  65. 65
    O Dia da Grande Harmonia (Parte 5)
  66. 66
    O Dia da Grande Harmonia (Parte 6)
  67. 67
    Tutorial 60º Andar (Parte 7)
  68. 68
    Tutorial 12º Andar (Parte 7)
  69. 69
    Tutorial 12º Andar (Parte 8)
  70. 70
    Tutorial 12º Andar (Parte 9)
  71. 71
    Tutorial 12º Andar (Parte 10)
  72. 72
    Tutorial 12º Andar (Parte 11)